02/02/2021 às 14h18min - Atualizada em 02/02/2021 às 14h18min

Após estar curada, professora morre em decorrência de complicações da Covid e deixa Educação de luto em Barra do Garças

Os médicos da UPA descartaram a possibilidade de contágio por Covid-19 porque ela já havia se curado há muito tempo e veio a falecer por complicações decorrentes da doença

Araguaia Notícia
A professora Darilda Abel Pereira Silva faleceu na terça-feira (02/02) em decorrência da Covid. Ela entra para estatística como a 145º vítima do vírus. Darilda era formada em Letras e ministrava Língua Portuguesa com gloriosas pelas escolas São João Batista, Dom José Selva e Cristino Cortes.
 
Segundo informações de amigos, Darilda ficou 27 dias internada com Covid e apresentou uma melhora repentina chegando a receber alta e depois passou mal retornando para UPA onde lamentavelmente faleceu nesta manhã. No entanto, acontecerá enterro normalmente, os médicos da UPA descartaram a possibilidade de contágio por Covid-19 porque ela já havia se curado há muito tempo e veio a falecer por complicações decorrentes da doença.

O velório ocorrerá a partir das 17 horas na casa de velório em frente ao cemitério do centro e será sepultada às 10 da manhã de quarta-feira dia 03/02.
 
Várias mensagens na internet destacam a qualidade da professora que é veterana na luta do aprendizado. A ex-secretária de Educação, professora Fátima Resende, lamentou a morte da amiga. “professora excelente, carismática, dedicada, defensora da escola pública, combativa na luta sindical, generosa, tranquila, meiga e amiga companheira mesmo”, frisou a ex-professora Fátima bastante emocionada.

Lindacy Paes do Nascimento escreveu no Facebook: “Infelizmente não estamos preparados para a morte, mas entendemos que tudo que acontece é permitido por Deus. Hoje meu coração está triste, pois perdi uma amiga querida, minha ex-professora e ex-patroa”.  
 



Notícias Relacionadas »
Comentários »