19/01/2021 às 23h28min - Atualizada em 19/01/2021 às 23h28min

Barra do Garças recebe nesta quarta o 1º lote de vacinas para imunizar 734 pessoas contra a Covid

Serão encaminhadas para regional de Barra do Garças cerca de 2.386 doses para atender os municipios proporcionalmente

Araguaia Notícia


A cidade de Barra do Garças, no leste de Mato Grosso, recebe nesta quarta-feira (20/1) o primeiro lote de vacinas contra a Covid enviada pelo governador Mauro Mendes para atender a comunidade. Estão sendo enviadas 1.468 doses suficientes para imunizar 734 pessoas na Barra, pois estão vindo as duas doses necessárias por individuo. A quantidade foi definida pela Secretaria Estadual de Saúde que mandará para Barra do Garças as vacinas que vão atender também os demais municípios, cerca de 2.386 doses.

O secretário Adilson Tavares informou na noite de terça-feira (19/1) ao site Araguaia Notícia que o avião trazendo as vacinas vai começar por Porto Alegre do Norte e depois seguirá subindo a região até a cidade de Barra do Garças. "Nós acreditamos que a remessa de Barra do Garças deve no final da manhã", completou.

Já a Secretaria estadual de saúde definiu os critérios de que 2.386 doses vão contemplar os municípios de Araguaiana (72), Barra do Garças (1468), Campinópolis (179), General Carneiro (86), Nova Xavantina (233), Novo São Joaquim (84), Pontal do Araguaia (106), Ponte Branca (40), Ribeirãozinho (48) e Torixoréu (70). Ao todo, Estado recebeu 126.160 doses e irá imunizar mais de 60 mil pessoas.

A Comissão Intergestores Bipartite do Estado (CIB) definiu o critério de distribuição das 126.160 mil doses de vacinas contra a Covid-19 aos 141 municípios de Mato Grosso. A Minuta de Resolução CIB será publicada nesta quarta-feira (20.01) no Diário Oficial do Estado e deverá ser seguida pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), de acordo com as prioridades estipuladas pelo Ministério da Saúde.

A CIB é composta por membros do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde e da SES.

Dentre os grupos prioritários, estão os trabalhadores da saúde – como vacinadores da Atenção Básica, profissionais dos hospitais pactuados no Plano de Contingência Estadual de enfretamento à Covid-19, trabalhadores de institutos de longa permanência para idosos –, indígenas que vivem em aldeias, pessoas idosas acima de 60 anos e pessoas com deficiência que vivem em asilos e/ou instituição psiquiátricas.

Após a distribuição, as vacinas deverão ser armazenadas pelos municípios, respeitando as condições de armazenamento estabelecidas pela fabricante e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e com o apoio da segurança pública.

A distribuição das vacinas ocorreu por pólos regionais. Ao todo, foram definidos 16 pólos, que receberam as doses nesta terça e farão a distribuição aos municípios. Cidade mais populosa do Estado, Cuiabá vai receber a maior quantidade de vacinas. Serão 17.184 doses, o que é suficiente para vacinar mais de 8,5 mil pessoas.


 
Notícias Relacionadas »
Comentários »