18/01/2021 às 09h38min - Atualizada em 18/01/2021 às 09h38min

Escola Militar de Barra do Garças tem recorde de matrículas e vai começar aulas on line

Araguaia Notícia
Imagem ilustrativa ANTES DA PANDEMIA
A escola militar Tiradentes de Barra do Garças criada pelo governador Mauro Mendes vai funcionar no colégio São João Batista e será dirigida pelo coronel Guedes. E a procura por matrículas bateu recorde neste início do ano com pais e alunos procurando no site da Seduc na seção ‘meu aluno’ fazendo a reserva de vagas. Lembrando que após esse procedimento, os pais devem procurar a escola na avenida 31 de março para efetivarem a matricula com a documentação solicitada. 

O coronel Guedes informou que a escola Tiradentes de Barra do Garças vai atender 400 alunos da sexta série do Ensino Fundamental até o primeiro ano do Ensino Médio. Inicialmente as aulas vão começar remotamente, ou seja, on line como as demais no dia 8 de fevereiro. 

O coronel Guedes durante entrevista na Rádio Aruanã adiantou que a reforma com as adequações necessárias terá início nesta semana e que o engenheiro André, de uma empresa de Rondonópolis, esteve na semana passada em Barra do Garças verificando as necessidades da escola militar do município. 

O militar enfatizou que o modelo da escola militar implantada em Mato Grosso está presença na capital do estado e foi descentralizada para cidades-polos como Barra do Garças Primavera, Água Boa, Vila Rica, Juara entre outras cidades do Nortão. 

Esse projeto tem a participação do Governo do Estado com a Seduc e Secretaria de Segurança Pública com a gestão de profissionais da Polícia Militar. Um subtenente e um sargento fazem parte da equipe do coronel Guedes. 

A parte pedagógica: professores, secretários, serventuários, limpeza e vigilantes e merendeiras são cedidos pela Seduc. A escola está pronta apenas aguardando a reforma e um decreto governamental para os tramites legais. 
Nesse primeiro momento, os alunos que já estudavam não Escola São João Batista tiveram a preferência de rematrícula cujo procedimento no final do ano passado estava sendo feito no próprio site da Seduc com a reserva de vagas. 

Alunos procedentes de outros estabelecimentos escolares precisam levar documentos como declaração ou transferência escolar, documentos pessoais, certidão de nascimento, carteira de vacinação para efetivação do aluno. 
As matriculas online se encerraram na semana passada e agora a escola militar aguarda a definição das turmas para verificar se sobraram vagas. 

Reforma 

Através da Seduc já tem uma empresa contratada para fazer a reforma geral da escola militar. O engenheiro André ele esteve na semana passada fazendo vistoria do prédio. E alguns materiais já chegaram na escola só aguardando o início das aulas presenciais que vão demorar devido a pandemia. A obra de reforma da escola pelo governo do estado de mato grosso. 

As matriculas são pelo portal da Seduc e a escola teve trabalhar com 400 alunos. “O corpo militar inerente vai trabalhar valores importantes para formação do cidadão: respeito, hierarquia, ética, civismo, justiça, solidariedade e o diálogo. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »