17/01/2021 às 09h06min - Atualizada em 17/01/2021 às 09h06min

Governo de MT lamenta falecimento de conselheiro aposentado do TCE

Araguaia Notícia


Morreu neste sábado (16.01), vítima da Covid-19, o conselheiro aposentado do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT), Teresino Alves Ferraz. 

Seu falecimento foi comunicado por familiares nas redes sociais e também pela Prefeitura de Cuiabá através de uma nota de pesar, na qual cita um breve histórico do ex-integrante da Corte Estadual de Contas. 

O governador Mauro Mendes, divulgou nota lamentando a morte do conselheiro aposentado Teresino. “Sentimos muito pela perda. Que Deus conforte o coração da família e dos amigos neste momento de grande dor”.

O prefeito Emanuel Pinheiro lamentou a partida do conselheiro aposentado. “Infelizmente a COVID-19 fez mais uma vítima e dessa vez nos levou o conselheiro aposentado Teresino. Um servidor dedicado, de família tradicional cuiabana. Que Deus conforte os familiares e amigos neste momento de perda”.

Teresino Alves Ferraz foi nomeado conselheiro no TCE/MT em 1978 pelo então governador José Garcia Neto (Arena) e aposentou-se em 2000 do cargo. 

Antes disso, Teresino já era servidor da instituição desde 1961, totalizando então 39 anos de serviços prestados ao TCE/MT. Ele era irmão do ex-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), ex-deputado estadual Benedito Alves Ferraz Junior.

Nota do presidente do TCE-MT 

O presidente do TCE-MT Guilherme Antonio Maluf comunica, com muito pesar, o falecimento do Sr. Teresino Alves Ferraz, conselheiro aposentado da Corte de Contas, por complicações da Covid-19. 

O Sr. Teresino Ferraz ocupou cargos no TCE-MT a partir de 1961. Em 1972, foi nomeado pelo governador do Estado procurador junto ao Tribunal de Contas e nomeado Conselheiro do TCE-MT no período de 1978 a 2000, quando se aposentou. Foi Presidente da Corte nos anos de 1981, 1985 e 1996.

Em cumprimento ao protocolo da pandemia, não haverá velório e o enterro será restrito aos familiares. Aos familiares e amigos, nossas condolências.

Fonte: Secom-MT e TCE-MT
Notícias Relacionadas »
Comentários »