23/09/2011 às 18h15min - Atualizada em 23/09/2011 às 18h15min

Fazendeiros culpam posseiros por queimadas no Araguaia

Olhar Direto
Reprodução

Fazendeiros do Norte Araguaia estão empenhados em frear o incêndio que já destruiu várias propriedades rurais nos últimos quatro dias, em São Felix do Araguaia (1.115 km de Cuiabá), e acusam posseiros pelas queimadas.

O proprietário da Fazenda Rio Preto, o pecuarista Romão Flor, acredita que o fogo teve origem com os posseiros de uma área perto da Fazenda Santa Amélia, vizinha a propriedade dele.

“Eles fizeram a roçagem do pasto e depois puseram fogo. E com esse tempo seco o fogo se alastrou e prejudicou a todos nós”, denuncia o fazendeiro.

Romão ressaltou que o fogo diminuiu de intensidade, porém o estrago é grande e revela que 16 mil hectares foram destruídos em sua propriedade. O prejuízo na região está em torno de 160 mil hectares, segundo o prefeito de São Felix, Filemon Limoeiro, que pediu ajuda ao governador Silval Barbosa para contornar a situação.

Uma equipe da Defesa Civil já está no município prestando apoio ao Corpo de Bombeiros e brigadistas. Todavia, o efetivo é reduzido para o abragência da queimada. “Veio até um helicóptero para ajudar, mas o fogo já tinha passado por aqui”, completa Romão.

Mais duas fazendas foram atingidas pelo incêndio: a fazenda Berro do Boi, em Luciara (120 km de São Felix), e a Bordon, também em São Felix. Os fazendeiros informaram que o fogo era tão forte que as labaredas chegaram a atingir 10 metros de altura e por isso ficou difícil conter a destruição.

As maiores propriedades usam tratores para construir aceiros e caminhões-pipa para ‘cercar’ o fogo. A temperatura continua alta em torno de 38 graus na região e com umidade relativa do ar abaixo de 20%, Permanece sem previsão de chuva para região.
 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
4.5%
20.0%
73.9%