29/12/2020 às 09h16min - Atualizada em 29/12/2020 às 09h16min

Novo prefeito de Barra do Garças divulga nesta quarta secretariado e define detalhes da posse dia 1º

Acompanhe alguns nomes cotados para compor equipe de Adilson Gonçalves

Araguaia Notícia


O novo prefeito de Barra do Garças, o delegado Adilson Gonçalves Macedo, está promovendo uma série de reuniões nesta terça-feira, dia 29/12, para definir nomes de sua equipe de trabalho. Ele deve anunciar o secretariado nesta quarta-feira durante coletiva a imprensa de Barra do Garças.

Adilson saiu vitorioso das urnas com mais de 14 mil votos e assumirá o município nesta sexta-feira dia 1º de janeiro. O delegado ainda define como será feita a posse mesmo porque existe uma preocupação de evitar aglomerações de autoridades e correligionários que querem acompanhar a sua chegada a cadeira de prefeito.

A tendência é que os eventos de posse e eleição da Câmara e posteriormente a posse na prefeitura sejam transmitidos pela rede social para justamente evitar aglomerações.

Sobre a equpe de trabalho, o colega jornalista Ronan de Sá (do Semana 7), conseguiu levantar que alguns nomes já estão definidos.

A policial civil Leila Batista (esposa de Adilson) será a secretária de Ação Social. O vereador Júlio César é cotado para assumir a Secretaria de Transportes e Serviços Públicos. Cleber Fabiano, que conclui o mandato de vereador, é cogitado para Secretaria de Planejamento. 

O jovem advogado Hebert Penze, filho do contador Amilcar Penze, é nome dado como certo na Procuradoria Jurídica do município. O enfermeiro Adilson Tavares é lembrado para Secretaria de Saúde e o vice-prefeito eleito Sivirino Sousa tem o nome cogitado para Educação. 

Ubaldino Rezende, que atuou por vários anos no Ibama, pode ser da Chefia de Gabinete e o professor Alex Matos para Cultura e Elcio Mendes foi lembrado para Cultura ou quem sabe Turismo, que é a área de atuação dele. 

Algumas secretarias seguem indefinidas: Secretarias, a exemplo de Comunicação, Desenvolvimento Rural, Indústria e Comércio, Finanças, Pesca e Agricultura, Planejamento Urbano, Turismo e Urbanismo, Paisagismo e Meio Ambiente ainda estariam sem nome certos.

A principal dificuldade para compor o primeiro escalão deste governo que está por começar seria, a princípio, a questão de ganho salarial em torno de R$ 4.800 líquidos mensais. As funções, como se sabe, exigem dedicação e compromisso integral. Outro ponto que parece preocupar os possíveis ‘secretários’ seria, como se espera, a responsabilidade sobre seus atos.

De todo modo, conforme as informações extraoficiais, Adilson Gonçalves deve anunciar seu secretariado na próxima quarta-feira (30).

Fonte: Ronan de Sá / Semana 7 

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.8%
75.1%