23/12/2020 às 22h43min - Atualizada em 23/12/2020 às 22h43min

Polícia Civil cumpre prisão de criminoso contumaz, envolvido em diferentes crimes

Araguaia Notícia


Em cumprimento a mais um mandado judicial, a Polícia Civil por meio Gerência Estadual de Polinter e Capturas (Gepol), efetuou a prisão de mais um foragido da Justiça contumaz na prática de crimes e  com extensa ficha criminal, na tarde de terça-feira (22.12) em Várzea Grande-MT.

O foragido, de 33 anos, possui dezesseis antecedentes, além de indiciamentos e autuações por roubo majorado, tráfico de drogas, dano qualificado, furto qualificado, além de outras quatro condenações criminais em ações que tramitaram pela Comarca de Várzea Grande.

No mês de agosto deste ano, o procurado teve a ordem de prisão decretada em caráter definitivo, em sentença condenatória e transitado julgado com pena a mais de 8 anos de reclusão em regime fechado, por roubo majorado, furto qualificado, ambos cometidos de forma reiterada e ainda pelo uso de entorpecentes.

De posse deste mandado, investigadores da Polinter passaram a diligenciar para localizar o rapaz, que foi surpreendido no final da tarde de terça-feira (22.12) no centro de Várzea Grande.

Ainda conforme apuração, o preso é criminoso contumaz atuante de maneira reiterada na prática de roubos e furtos a estabelecimentos comerciais e transeuntes, que diariamente a frequentavam da cidade de Várzea Grande, principalmente nas proximidades da região do Zero KM.

Sempre acompanhado de comparsas e armados, o suspeito abordava as vítimas agindo de violência e grave ameaça, roubando dinheiro, aparelhos celulares, relógios, carteiras de bolso, joias, entre outros pertences.

Ele também é apontado como autor de diversos arrombamentos ocorridos em anos anteriores a estabelecimentos, onde depois de arrombar os comércios geralmente durante a noite, invadida os subtraia os produtos e mercadorias que eram repassadas para pequenos receptadores.

Após ser surpreendido pelos policiais civis o procurado foi levado até a Polinter para as providências cabíveis, em seguida encaminhado para exame de corpo delito e posteriormente transferido para uma unidade prisional à disposição da Justiça.

Fonte: PJC-MT 

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.6%
75.2%