23/12/2020 às 00h50min - Atualizada em 23/12/2020 às 00h50min

Cidade do Araguaia aparece na lista dos municípios que mais desmataram em novembro deste ano

Em outubro, os alertas de desmatamento na Amazônia foram os mais altos para o mês desde que o monitoramento começou



Maior parte da área desmatada da floresta em novembro foi no Pará. Amazônia Legal teve uma área de 310,35 km² sob alerta de desmatamento.

A Amazônia Legal teve uma área de 310,35 km² sob alerta de desmatamento em novembro, uma queda de 45% em comparação com o mesmo mês de 2019, mostram dados atualizados nesta sexta-feira (11) pelo Instituto de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Os alertas foram feitos pelo Sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real (Deter), que produz sinais diários de alteração na cobertura florestal para áreas maiores que 3 hectares (0,03 km²), tanto para áreas totalmente desmatadas como para aquelas em processo de degradação florestal (exploração de madeira, mineração, queimadas e outras).

Em outubro, os alertas de desmatamento na Amazônia foram os mais altos para o mês desde que o monitoramento começou, em 2015.

Em julho, a Amazônia Legal teve uma área de 1.658,97 km² sob alerta de desmatamento; em agosto foram 1.358,78 km²; e, em setembro, a área foi de 964,45 km².

Amazônia Legal

A Amazônia Legal corresponde a 59% do território brasileiro, e engloba a área de 8 estados (Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins) e parte do Maranhão.

A maior parte da área desmatada da floresta em novembro foi no Pará. O estado também teve os maiores números de desmatamento em outubro, setembro e agosto.

Os municípios que mais desmataram em novembro foram:
  1. São Félix do Xingu (PA): 14,95 km²
  2. Pacajá (PA): 14,91 km²
  3. Portel (PA): 11,35 km²
  4. Porto Velho (RO): 11,21 km²
  5. Aripuana (MT): 10,72 km²
  6. Altamira (PA): 10,47 km²
  7. Lábrea (AM): 9,29 km²
  8. São Félix do Araguaia (MT): 8,09 km²
  9. Confresa (MT): 7,59 km²
  10. Nova Maringá (MT): 6,41 km²
Mais de 11 mil km² em um ano

A área desmatada na Amazônia foi de 11.088 km² entre agosto de 2019 e julho de 2020, de acordo com números oficiais do governo federal divulgados pelo Inpe.

Fonte: Folha do Progresso  
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.7%
75.2%