21/12/2020 às 18h07min - Atualizada em 21/12/2020 às 18h07min

Família de mulher morta pelo ex teme que ele concretize ameaça de matar filhos da vítima

Olhar Direto
Araguaia Notícia
A família de Domingas Cecília da Silva Oliveira, 49 anos, assassinada com requintes de crueldade pelo ex-marido, na manhã de sábado (19), na avenida Carmindo de Campos, no bairro Campo Velho, em Cuiabá, teme que ele mate os filhos da vítima, pois antes de cometer o feminicídio, o acusado também teria feito ameaças a eles.

Segundo informações de pessoas próximas do acusado, a família de Alecino Anunciação de Santana, 40 anos, teria procurado dois advogados para tentar a soltura dele. A família de Domingas teme que caso ele consiga a liberdade, vá a procura dos filhos dela, que ao todo, são três.

De acordo com a Polícia Judiciária Civil (PJC), análise do celular da empregada doméstica mostra que o assassino enviou uma série de mensagens com ameaças de morte para a vítima.

O casal manteve relacionamento por dez anos e estava separado há dois. A empregada doméstica morreu a 400 metros de sua casa, quando estava indo trabalhar.

O suspeito esperou a mulher por cerca de 20 minutos e a matou, após parar de bicicleta ao lado da ex-namorada e agredi-la com socos e chutes. Imagens de câmera de segurança da região mostra todo o crime.

Alecino, após cometer o crime, fugiu com sua bicicleta e tentou de livrar da arma, uma faca de cabo vermelho, jogando o objeto no telhado de uma casa. A polícia o prendeu poucas horas depois, em sua casa. Em depoimento, ele confessou ser autor do feminicídio.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.6%
75.2%