21/12/2020 às 09h01min - Atualizada em 21/12/2020 às 09h01min

Ganha Tempo de Barra do Garças é destaque em reportagem nacional sobre fraude milionária VEJA VÍDEO

O consórcio investigado pertence a empresa Rio Verde (particular) contratada no governo passado e que tem unidade em Barra do Garças-MT



A Rede Record exibiu no domingo, dia 20/12, dentro do quadro Record Investigado, uma reportagem sobre a fraude que está sendo apurada contra o consórcio Rio Verde, que administrava o serviço Ganha Tempo em sete unidades do Estado de Mato Grosso.

Veja logo abaixo a reportagem: 

E na semana passada, a Justiça determinou o bloqueio de mais de R$ 6 milhões nas contas da empresa Rio Verde, que administra as unidades do Ganha Tempo, depois de identificar indícios de fraude de cerca de RS 13 milhões, ou seja, o dobro da suspeita inicial levantada durante a operação Tempo é Dinheiro, deflagrada em setembro deste ano pela Delegacia de Combate à Corrupção.

O processo tramita em sigilo.

O desvio, segundo relatório da Controladoria Geral do Estado e da Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão, ocorria por meio da emissão de senhas por atendimentos "fantasmas", ou seja, que não foram prestados.

O prazo dado para a anulação do contrato foi de 30 dias. O TCE determinou também que o governo convoque a segunda colocada no processo licitatório, para manter a continuidade dos serviços à população.

Por meio de nota, a empresa Rio Verde informou que apresentou à justiça materiais de que as provas podem ter sido forjadas ou fabricadas.

A decisão é parte do julgamento de representação da empresa 'Shopping do Cidadão Serviços e Informática s/a' que denunciou irregularidades na concorrência pública realizada em 2016 e vencida pela empresa Rio Verde.

Desde setembro, as unidades do Ganha Tempo são administradas pelo estado, após a operação da Policia Civil revelar as fraudes no sistema de emissão de senhas, e uso indevido de CPFs de pessoas que já haviam sido atendidas, multiplicando a quantidade atendimentos.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.7%
75.2%