18/12/2020 às 23h48min - Atualizada em 18/12/2020 às 23h48min

Acusado de embriaguez, filho de ex-prefeito causa acidente com a morte de duas pessoas



Duas pessoas morreram e quatro ficaram feridas num acidente de trânsito que ocorreu na madrugada de sexta-feira (18/12), no centro de Itumbiara em Goiás. Um veículo em alta velocidade chocou-se com a lateral de outro, que cruzava a via. A Polícia Civil diz que Luiz Augusto Gomes, filho do ex-prefeito José Gomes da Rocha, conduzia o carro em alta velocidade. A informação oficial é a de que ele estava embriagado e não tinha CNH.

O acidente ocorreu por volta das 2h30 de hoje, no cruzamento da rua Leopoldo de Bulhões com a avenida Santos Dumont, duas movimentadas vias de Itumbiara. De acordo com o Corpo de Bombeiros, que foi acionado por volta de 2h50, um veículo modelo Palio Weekend preto, conduzido por Luiz Augusto, trafegava em alta velocidade na região quando colidiu com um veículo modelo Gol preto, que cruzava a avenida.

No Palio, além de Luiz Augusto, estava Willyane Linces, de 15 anos(em destaque na foto). No Gol atingido, estavam Clayton Eduardo Batista, de 44 anos, Edson da Silva, de 38, e outras duas pessoas ainda não identificadas.

Ao chegar no local, o Corpo de Bombeiros constatou que Clayton já estava morto. A equipe removeu o corpo, que estava preso às ferragens, e o entregaram ao Instituto Médico Legal (IML). Já Edson da Silva teve fraturas na perna e foi levado ao hospital.

Luiz Augusto e Willyane, além dos outros dois ocupantes que estavam no Gol com Clayton, foram atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levados para o hospital. O Mais Goiás apurou Willyane não resistiu aos ferimentos e também morreu.

Segundo a Polícia Civil, Luiz Augusto está preso e responderá pelos crimes de homicídio culposo, embriaguez ao volante e por dirigir sem habilitação.

José Gomes da Rocha, pai de Luiz, morreu em 2016, no último dia da campanha eleitoral daquele ano. Era candidato a prefeito e participava de uma carreata ao lado do então governador, José Eliton. Ambos foram acertados por disparos de arma de fogo, mas Eliton sobreviveu.

A reportagem ainda não conseguiu contato com a defesa de Luiz Augusto. Esta matéria pode ser atualizada.

Fonte: Tom Paulo / Mais Goiás 
 

Tocador de vídeo
 
00:00
 
00:10

 

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.6%
75.2%