18/12/2020 às 15h32min - Atualizada em 18/12/2020 às 15h32min

Bolsonaro troca ato ambiental em Piranhas por solenidade militar no Rio de Janeiro



Viria, mas não vem mais. Em razão do município de Piranhas ter tomado importante iniciativa na área ambiental iria ter o privilégio de receber uma visita presidencial, algo raro nesta região do Oeste Goiano.

Mas isso não aconteceu. Seria nesta manhã de hoje, sexta-feira, 18. Embora antes agendado, o presidente mudou o roteiro. Ao invés do ato ambiental, optou por ir ao Rio de Janeiro, em ato miliar de formação de soldados. 

No entanto, alguns ministros devem comparecer para lançar o Projeto Demonstrativo Juntos Pelo Araguaia, que significa um grande espaço para produção de mudas e que visa a recuperação do cerrado brasileiro.

São apenas três centros de produção de mudas no país, sendo um deles em Piranhas. Para entender as razões da visita de ministros em Piranhas, a reportagem do Oeste Goiano conversou com a Secretária Municipal de Meio Ambiente daquele município, Maiara Francielle de Melo Ribeiro, que é iporaense e bióloga de formação.

Ela conta que era ainda o início de 2020 quando eles perceberam a possibilidade de Piranhas se destacar em um projeto que era lançado pelo Governo Federal na área ambiental. Com apoio do prefeito Eric de Melo Silveira, que também é ligado a Iporá, a gestão municipal de Piranhas atuou intensamente em prol deste objetivo.

Com as articulações feitas e toda luta de prefeito e secretária do meio ambiente, Piranhas conseguiu o direito de ser um dos três locais no país para a produção de mudas. Trata-se do primeiro Centro de Desenvolvimento Sustentável do Cerrado no Estado de Goiás. É o terceiro no Brasil.

As obras no local já começaram, a partir de terraplanagem. E então articulou-se a visita do presidente Jair Bolsonaro para lançar a pedra fundamental desse grande projeto que já está em andamento. A previsão é de que em março de 2021 esse Centro já esteja pronto.

Devem estar presentes os ministros: da Tecnologia, Marcos Pontes, do Meio Ambiente, Ricardo Salles e da Agricultura, Tereza Cristina. Com autoridades também estaduais, a exemplo do governador Ronaldo Caiado, haverá o lançamento do Projeto Demonstrativo Juntos Pelo Araguaia.

Este Centro em Piranhas será algo majestoso, amplo e de muita beleza panorâmica, com um local que será de grande produção de mudas para recuperar o cerrado brasileiro, com muito foco nesta bacia do importante Rio Araguaia.

Fonte: Oeste Goiano 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.7%
75.2%