15/12/2020 às 17h49min - Atualizada em 15/12/2020 às 17h49min

Padrasto aproveita internação da esposa para abusar da enteada de apenas 9 anos

A menina conseguiu se desvencilhar, fugir e pedir por socorro aos vizinhos



Um Homem de 36 anos aproveitou que a esposa estava internada em um hospital para abusar da filha dela, de 9 anos, na noite de domingo (13/12), em Guarantã do Norte (a 730 km de Cuiabá). A menina conseguiu fugir, pedir por socorro e o padrasto foi preso por suposta prática de tentativa de estupro pela Polícia Militar. O irmão, de apenas dois anos, estava presente na casa. Os nomes foram mantidos em sigilo para preservar as vítimas.

Segundo a Polícia Militar, o suspeito chegou a tocar o corpo e as partes íntimas da enteada, além de acariciá-la contra sua vontade. O padrasto frequentou dois bares antes de ir para casa e a menina se escondeu dele debaixo da cama. Ele conseguiu encontrá-la, puxá-la pelas pernas e jogá-la em cima da cama.

O padrasto teria chegado a cometer o abuso, caso não tivesse se descuidado, foi quando a menina conseguiu se desvencilhar dele e pular a janela. Ela gritou por socorro e populares acionaram o Conselho Tutelar que, por sua vez, chamou a Polícia Militar.  A criança contou que o suspeito também a agrediu fisicamente por várias vezes.

A mãe estava internada no Hospital Municipal de Guarantã em companhia de outro filho menor de idade. O motivo da internação não foi informado. As duas crianças ficaram sob os cuidados do Conselho Tutelar. Já o suspeito foi preso, algemado e conduzido até a delegacia municipal. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Fonte: Agencia da Notícia / RD News 



 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.7%
75.2%