14/12/2020 às 15h39min - Atualizada em 14/12/2020 às 15h39min

Governo Federal investe R$ 15 milhões em ações para as mulheres em Goiás

Recursos serão utilizados para a construção de Casas da Mulher Brasileira, cursos de capacitação e segurança alimentar

Ministério da Mulher
As políticas públicas para mulheres em situação de violência e vulnerabilidade social no estado de Goiás ganharam reforço do Governo Federal. A ministra Damares Alves, titular do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, anunciou o investimento de R$ 15 milhões para a construção de três Casas da Mulher Brasileira e em cursos de capacitação para o atendimento às mulheres que mais necessitam.
 
A ministra destaca que as ações vão ao encontro das diretrizes do Governo do Presidente Jair Bolsonaro. “Nós não estamos falando só de um prédio, mas de uma política pública.”
 
A ministra ressaltou que a Casa da Mulher Brasileira reúne em um só espaço Defensoria Pública, Promotorias, Delegacia da Mulher, a Patrulha Maria da Penha, alojamentos provisórios, cursos de qualificação e espaço para crianças.
 
“Também tem uma cela para quem bate em mulher. Vai ser um dos espaços mais lindos que Goiânia vai oferecer para as mulheres da capital e do estado.”
 
Além da unidade de Goiânia, serão implementadas Casas da Mulher Brasileira nos municípios de Jataí e Cidade Ocidental, com investimentos de R$ 830 mil em cada.
 
Segurança
 
Também foi anunciado o repasse de R$ 1,2 milhão para a compra de seis viaturas para a Polícia Militar de Goiás. Os carros serão utilizados no serviço Patrulha e Ronda Maria da Penha, que oferece segurança específica para o atendimento às ocorrências de violência contra a mulher.

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, afirmou que há um olhar especial para a situação da mulher no estado. “Nós temos um processo de segurança pública que é referência nacional na proteção de mulheres”, garantiu o chefe do Poder Executivo estadual.

Também estiveram presentes nos anúncios, a primeira-dama da República, Michelle Bolsonaro; o presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), José Samuel de Miranda; o defensor-público geral do estado de Goiás, Domilson Rabelo; a secretária estadual de Desenvolvimento Social, Lúcia Vânia; e a secretária municipal de Políticas Públicas para as Mulheres, Patrícia Quirino.
 
Na visita, a primeira-dama da República, Michelle Bolsonaro, e a ministra Damares Alves receberam quadros do artista plástico, Samuel Caixeta.
 
Capacitação

 
O restante do dinheiro anunciado será aplicado em cursos de capacitação profissional para agentes de segurança pública, palestras de prevenção do feminicídio e oficinas de qualificação para as mulheres, multiplicadoras e lideranças populares.
 
Dentro da programação do projeto-piloto Qualifica Mulher, o apoio financeiro anunciado pela ministra garantirá a oferta de cursos regionalizados para mulheres quilombolas na região metropolitana de Goiânia e nos territórios de Laciara e Monte Alegre de Goiás.
 
Os recursos que serão aplicados nos projetos Mais Meninas na Ciência, Mães Unidas e Agricultura da Vida, se somam às emendas parlamentares garantidas por meio da articulação e do apoio dos deputados Major Victor Hugo, João Campos e Adriano do Baldy.
 
Doação de alimentos
 
Para garantir a segurança alimentar das mulheres em situação de vulnerabilidade no estado, o Governo Federal, por meio da Conab, garantiu a doação de mais de 1,7 mil cestas de alimentos. Ao todo, são investidos R$ 180 mil para a compra dos produtos.
 

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.4%
17.7%
75.2%