13/12/2020 às 16h26min - Atualizada em 13/12/2020 às 16h26min

Homem é preso no velório suspeito de matar namorada estrangulada



No domingo (6/12) Rogério Botelho, de 23 anos, foi preso em flagrante enquanto assinava os documentos de óbito da namorada Juliana Ferraz do Nascimento, também de 23 anos, em um velório de Jundiaí (SP). Ele é suspeito de matar a companheira e tentar forjar uma morte decorrente de queda acidental.

À polícia, o suspeito disse que a vítima teria sido encontrada no banheiro da casa deles já morta. Porém, os resultados da autópsia apontam que ela sofreu diversas lesões e também sinais de estrangulamento.

Segundo Botelho, por volta das 4h30 ele teria acordado e percebeu que saía água por baixo da porta e pela escada. Ele conta que tentou abrir aporta, mas percebeu que estava trancada e que Juliana não respondia. Com a tentativa sem sucesso, o suspeito afirma que chamou o cunhado para arrombar a estrutura.

A vítima foi atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que constatou a morte de Juliana ainda no local. O corpo dela foi encaminhado ao Instituto Médico Legal, onde foram identificados os sinais de agressão. Por conta da incompatibilidade entre o resultado do exame e a versão do suspeito, ele foi preso em flagrante.

Fonte: Saulo Prado / Plantão PJI

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.7%
75.2%