10/12/2020 às 22h05min - Atualizada em 10/12/2020 às 22h05min

Primeira-dama Virgínia Mendes recebe Prêmio Dodora por ações sociais a portadores com deficiência em MT

Araguaia Notícia


A primeira-dama do Estado de Mato Grosso, Virginia Mendes, foi homenageada pelo Conselho Estadual de Defesa do Direito da Pessoa com Deficiência com o Prêmio Maria Auxiliadora, o Prêmio Dodora pelas ações sociais realizadas em prol da inclusão social. A solenidade de entrega do prêmio foi realizada na manhã dessa quarta-feira (09.12), virtualmente, através do canal Setasc Comunica, no YouTube.  

A secretária de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), Rosamaria Carvalho, e a secretária-adjunta da Setasc, Salete Morockoski, também foram homenageadas pelo trabalho realizado junto às entidades sociais.

Na ocasião, a presidente do Conselho Estadual de Defesa do Direito da Pessoa com Deficiência (Conede-MT), Kelly Cristina do Nascimento Viegas, destacou a iniciativa da primeira-dama em defender as pessoas mais vulneráveis.

“É certo que podemos contar com o apoio dela [Virginia Mendes] e da secretária Rosamaria para desenvolver ações importantes para as pessoas com deficiência. Agradeço a oportunidade por fazer um trabalho em conjunto, grandioso. Em uma época como essa, com dificuldades, o apoio é fundamental para o fortalecimento da nossa luta”. 

A superintendente estadual de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência, Tais Aminata, elencou uma série de ações que a primeira-dama Virginia Mendes conduziu em prol das pessoas com deficiência em Mato Grosso. Como, por exemplo, o lançamento da Carteira de Identificação do Autista (CIA), destinada para crianças e adolescentes diagnosticadas com Transtorno do Espectro Autista (TEA). 

“A primeira-dama é madrinha da causa. E foi um marco histórico para esse público”, acrescentou Taís, dizendo ainda que, junto com a primeira-dama, a secretária Rosamaria teve uma importante atuação junto às entidades filantrópicas que realizam atendimento para pessoas com deficiência. “Posso destacar ainda que todas as entidades foram atendidas em ações realizadas pela Setasc, como e entrega de alimentos, cobertores e diversos tipos de doações”.

Para a primeira-dama, a homenagem recebida é uma forma de reconhecimento pelo esforço nas ações realizadas para beneficiar pessoas com deficiência. “Por meio do SER Inclusivo nós estamos dando total atenção às pessoas com deficiência, garantindo direitos e os cuidados necessários para a melhoria da qualidade de vida. Me sinto honrada por receber o Prêmio Dodora”, pontuou.

Ser Inclusivo

O novo SER Família, programa de transferência de renda para famílias em situação de vulnerabilidade social, criado pela primeira-dama Virginia Mendes e aprovado este ano pela Assembleia Legislativa, tem um cartão especial para as pessoas com deficiência. Por meio do ‘SER Inclusivo’, será realizado o pagamento de até 2 UPFs mensalmente para as pessoas com algum tipo de deficiência.

O Prêmio

O Prêmio Dodora foi criado pelo CONEDE/MT, através da Resolução 009/2019, para homenagear as pessoas que foram de relevância na luta pela inclusão das pessoas com deficiência em Mato Grosso. O nome emprestado ao Prêmio é uma homenagem a Maria Auxiliadora, que se tornou deficiente após o agravamento do quadro de artrite reumatóide, e teve importante influência para a criação do primeiro espaço de atendimento de habilitação e reabilitação para atender pessoas com deficiência no Centro Oeste e Norte do Brasil, o Centro de Reabilitação Dom Aquino Correa.

Também foram homenageados: Roseli Batista Costa, Alex Vieira Passos, Flávia Tereza do Nascimento, Julita Marrilha da Trindade, Maria Elizabete da Silva, Elisângela Lourdes Laurer, Cleonice Salete Pavani, Vanderlei Sebastião Batista Carneiro, Cirene Araújo Coelho, Fátima Rosana Faria, Ivane Almeida da Costa, Inaê Teresa Almeirda da Costa Vilela, Maria Auxiliadora Massoli, Josineide Freitas de Miranda, Ruth Leite da Silva, Denise Torres Molina, Gilberto Figueiredo e Arlete Maria de Sá Lima.

Vívian Lessa e Pamela Muramatso | Setasc/MT

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.7%
75.2%