05/09/2011 às 19h20min - Atualizada em 05/09/2011 às 19h20min

Índios querem ajuda para reconstruir aldeia após incêndio

Olhar Direto
Ianukulá Kaiabi Suiá

Os índios Kisêdje da aldeia Njojwêhere, do Parque Nacional do Xingu, a 130 km de Querência, receberam duzentas cestas básicas e cem redes para amenizar as consequências de um gravíssimo incêndio ocorrido dia 18 de agosto. Na ocasião, o fogo destruiu mais da metade das casas desabrigando os índios e matando animais como porcos, galinhas e gado da aldeia.

Os alimentos, cobertores e redes foram repassados pelo prefeito de Querência, Fernando Gorgen, em parceria com a Secretaria de Assistência Social do Estado nesta terça-feira. O prefeito disse que ficou evidente a necessidade de mais apoio ao povo indígena para reconstruir suas moradias.

Os índios pediram apoio do prefeito e da Fundação Nacional do Índio (Funasa) para formarem uma nova aldeia e se possível em outra área. Ninguém sabe ao certo como começou o incêndio.

A estiagem deste período com o tempo seco contribuiram para destruição da aldeia. Um vento forte ajudou propagação rápida do incêndio. O cacique Kuiussi Suva pediu apoio do prefeito, vereadores e do governo do Estado para formar uma nova aldeia. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.8%
5.0%
19.8%
73.4%