28/11/2020 às 09h53min - Atualizada em 28/11/2020 às 09h53min

Motorista de aplicativo é assaltado; e carro seria usado para matar outra pessoa em Barra do Garças

A vítima foi amarrada, colocaram lhe um saco preto na cabeça e o jogaram num barranco perto aterro sanitário

Araguaia Notícia
Um motorista de aplicativo de 33 anos passou por momentos de aflição na madrugada de sábado (28/11) na cidade de Barra do Garças, no leste de Mato Grosso. O site Araguaia Notícia apurou que ele foi assaltado por quatro elementos que lhe roubaram o carro, um veículo prata, após uma corrida mal sucedida depois da meia-noite. O horário da chamada, por volta das 00h25 minutos, o motorista foi solicitado via aplicativo de uma corrida com origem na avenida Gabriel Ferreira, todavia a chamada era sem destino.

Mas mesmo assim o motorista foi até local aonde pegou dois indivíduos, sendo homens magros, de cor morena, trajando roupas escuras e um com blusa com capuz. Os quais adentraram o veículo e pediram que o motorista buscasse mais dois companheiros cujo local seria perto da escola Madre Marta.

A vítima foi até ao local onde mais dois homens entraram no carro. Só que era um lugar escuro e o motorista não conseguiu ver as características dos outros indivíduos. Na sequência, os bandidos anunciaram o assalto sob ameaças sendo a vítima de imediato foi amarrada e foi colocado um saco preto na cabeça dele.

A vítima disse que percebeu que um dos suspeitos portava uma faca e que um deles encostou algo na sua costela que acredita que seja uma arma de fogo. Posteriormente os suspeitos tomaram a direção do veículo e foram sentidos a rodovia MT 100. O motorista percebeu devido aos sons que estava se aproximando da festa na saída para Araguaiana.

Os bandidos disseram que não queriam dinheiro e que só pretendiam usar o carro para retornarem à festa com objetivo de matar uma pessoa. O motorista foi jogado do carro num barranco próximo ao aterro sanitário.

O site Araguaia Notícia apurou que a vítima estava com lesões aparentes de vermelhidão no tórax e nas costas causadas pela imobilização e por terem e lhe jogado no barranco perto do matagal. A Força Tática ao tomar conhecido do assalto fez diligencias próximo ao local que a vítima foi abandonada e não encontrou nenhum vestígio dos assaltantes.

E horas depois, durante patrulhamento, o veículo do motorista de aplicativo foi encontrado abandonado na rua Geraldo Pereira no bairro Jardim Amazonas perto do antigo clube da Loca. A polícia acredita que elementos não conseguiram achar a pessoa que eles queriam assassinar ou que essa história pode ter sido inventada pelos bandidos, todavia a pretensão deles era outra. Em toda o caso não conseguiram nada e abandonaram o carro.

O motorista bastante apavorada prestou informações à polícia na manhã de sábado. Ele foi ouvido pela delegada plantonista Luciana Canaverde. Mais detalhes aqui no site Araguaia Notícia.


Notícias Relacionadas »
Comentários »