23/11/2020 às 17h11min - Atualizada em 23/11/2020 às 17h11min

Mulher assassinada em Barra do Garças foi amordaçada dos pés à cabeça

A filha dela também foi estuprada pelo criminoso que ainda não foi preso

MT É NOTÍCIA
ARAGUAIA NOTÍCIA
Uma mulher foi assassinada por um criminoso cujo crime foi descoberto na madrugada de segunda-feira (23/11) na casa dela em Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá. Rhayany Rhutila Moraes Silva, de 30 anos, que trabalhava num frigorífico da cidade, foi encontrada morta amordaçada e amarrada dos pés à cabeça. A mulher foi asfixiada pelo bandido que ainda estuprou a filha dela, de 11 anos, que também estava na casa. 

Segundo a Polícia Militar e a Polícia Civil, amigos da vítima descobriram o crime depois que estranharam o sumiço dela. Eles pularam o portão da casa e a encontraram a vítima. O crime ocorreu na residência das vítimas no bairro Santo Antônio em Barra do Garças.

A filha da vítima, de 11 anos, saiu do quarto muito assustada, com pedaços de roupa amarrados pelo braço. Ela relatou que um homem entrou pelos fundos da casa, com uma faca, fez várias ameaças e a estuprou. A mãe dela foi morta e ela foi violentada sexualmente.

O Corpo de Bombeiros esteve no local, prestou os primeiros atendimentos para a criança e constatou o óbito da vítima.

A Polícia Civil investiga o crime e o suspeito não foi localizado. Exames devem apontar a causa da morte da vítima. A Polícia Civil está pedindo apoio da sociedade se alguém tiver alguma informação que ajude na identificação do criminoso pode ligar no 197 da Polícia Civil ou no 190 da Polícia Militar. 

Para a polícia é questão de honra prender esse bandido que matou Rhayany e ainda violentou a filha dela, de 11 anos. 
Notícias Relacionadas »
Comentários »