29/08/2011 às 19h55min - Atualizada em 29/08/2011 às 19h55min

UFMT de Barra espera reunião de segunda-feira para decidir futuro

Olhar Direto
Reprodução O curso de Jornalismo foi implantado em 2009 em Barra do Garças

O comando de greve dos docentes e técnicos da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT),campus de Barra do Garças, decidiu aguardar o resultado da assembleia de segunda-feira (29), que pode até suspender a greve diante da proposta apresentada pelo governo ao Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes), para definir como fica a situação no campus do Araguaia.

Os professores já estavam convocando técnicos e alunos para algumas ações e explicar os motivos da greve para sociedade de Barra do Garças. Estava previsto também uma passeata pela cidade e a elaboração de uma carta de intenção do campus Araguaia. “Nós vamos aguardar essa assembleia para definirmos o que vamos fazer”, adiantou o professor Odorico Kiko.

Na sexta-feira (26), os servidores públicos federais assinaram um acordo com o governo federal durante reunião em Brasília, que pode pôr fim a greve. Todavia a proposta oferecida pelo governo será avaliada pelos docentes da UFMT, segundo informou o presidente da Adufmat, Carlos Eilert.

O documento firmado pelo sindicato dos servidores federais trás dois pontos principais: a incorporação de uma das gratificações proposta na data-base, além de mais 4% a partir de março sobre remuneração dos ativos e aposentados e a reestruturação da carreira profissional da categoria que deve iniciar em setembro deste ano e ser concluída em março de 2012.

Na mesma sexta-feira, o comando de greve em Barra esteve reunido com professores, representantes dos técnicos e alunos e servidores do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) que também estão parados. Participaram da reunião professor Magno Silvestri, Gilberto Goulart (Adufmat) Indiana Bueno (aluna do curso de Farmácia) e Luciano Lima (IFMT).

Se a greve for mantida, na quarta-feira (31) será formalizada a carta do campus Araguaia durante um fórum com alunos, técnicos e docentes, a partir das 19 horas.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

2.1%
4.2%
20.4%
73.3%