20/10/2020 às 17h31min - Atualizada em 20/10/2020 às 17h31min

Animais não transmitem Covid-19, alerta CRMV-MT após 1º caso da doença ser registrado em Cuiabá

Gata testou positivo para Covid-19, após donos contraírem a doença, mas ficou assintomática.

G1 MT
Foto: Divulgação

O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de Mato Grosso (CRMV-MT) alertou, nessa segunda-feira (19), que não há evidências científicas de que animais de companhia são fonte de infecção do coronavírus para humanos. O anúncio foi feito depois que o primeiro caso de Covid-19 em animal no Brasil foi registrado em Cuiabá, na última semana. 

 

O teste deu positivo para coronavírus em uma gata de estimação, que contraiu a doença dos tutores dela. 

 

Segundo o CRMV-MT, não há evidência científica de que animais sejam vetores mecânicos ou possam carregar o vírus, ou que o vírus possa se replicar nos animais. 

 

“O que se observa, desde o surgimento da pandemia, é que os poucos animais com a infecção podem ter sido infectados por humanos, por meio do contato direto, e não o inverso”, afirmou o conselho. 

 

Ainda de acordo com a nota, o CRMV-MT entende que, neste momento, não há nenhuma necessidade de alteração nos cuidados em relação à saúde dos animais de estimação (cães e gatos). 

 

“A orientação é que os tutores mantenham a alimentação balanceada, água fresca abundante, os calendários de vacinação e a higiene (banho e tosa). Sendo assim, não existe necessidade de medo ou pânico com relação aos gatos e cães desenvolverem ou transmitirem o coronavírus que infecta os humanos. E em caso de emergência médica procurar um profissional médico-veterinário”, ponderou. 

 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.9%
4.5%
19.5%
74.2%