19/10/2020 às 17h48min - Atualizada em 19/10/2020 às 17h48min

Hospital Regional de Rondonópolis (MT) para de atender casos de Covid-19

A decisão foi tomada numa reunião entre a direção do hospital e a Secretaria Estadual de Saúde porque a ocupação para atendimento da doença está em menos de 50%.

TV Centro América
Emerson Sanchez
Foto: TV Centro América

A partir desta segunda-feira (19), o Hospital Regional de Rondonópolis deixou de ser referência para atendimento de casos de Covid-19. A decisão foi tomada numa reunião entre a direção do hospital e a Secretaria Estadual de Saúde. 

 

Um documento foi encaminhado à Central de Regulação e, assim que o órgão receber formalmente a comunicação, não vai mais poder encaminhar pacientes graves com Covid-19 para o Hospital Regional, porque a unidade não é mais considerada referência para esses casos. 

 

Os pacientes deverão ser direcionados para outras de unidades de saúde que são referência para o tratamento da doença. Em Rondonópolis, a Unidade de Pronto Atendimento recebe pacientes do município com a doença. A Santa Casa também tem leitos disponíveis pelo SUS. 

 

Em outro documento, o estado diz que o fim do contrato representa a extinção de 10 leitos de UTI para atendimento de Covid e 48 de enfermaria. O argumento é de que a taxa de ocupação de pacientes com Covid no hospital, nos últimos 30 dias, foi de 40%, enquanto a demanda nas especialidades de ortopedia e traumatologia foi de 56%. 

 

Com a liberação dos leitos, pretende-se retomar as cirurgias eletivas no dia 24. Até para dar conta de tantos casos de traumas expostos pela direção do hospital que do dia 1º de outubro até agora, tem acumulado uma média de 5 pacientes em corredores aguardando por um leito de recuperação. 
 

O atendimento especializado da Covid-19 no Hospital Regional será encerrado assim que o último paciente for regulado para outro hospital. 

 

O Hospital Regional é referência para 19 municípios do sudeste de Mato Grosso, englobando uma população estimada em 500 mil pessoas. 

 

A Secretaria Estadual de Saúde ainda não informou como ficarão as pessoas da região - ou seja - de outros municípios, que podem precisar de leitos de UTI para atendimento de Covid, já que Rondonópolis tem UTI apenas na UPA e na Santa Casa, e essas duas unidades já possuem grande demanda do próprio município. 

 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
4.3%
20.0%
74.1%