15/10/2020 às 14h35min - Atualizada em 15/10/2020 às 14h35min

Mulher é detida por manter macaco em cativeiro e em condições de maus-tratos em MT

À polícia, a mulher disse que ocorreu um incêndio onde morava e o animal, ainda filhote, se desgarrou da mãe e os cachorros o atacou. A moradora disse ainda que conseguiu salvá-lo dos cães e foi quando começou a criá-lo.

G1 MT
ARAGUAIA NOTÍCIA
Um macaco-prego mantido em cativeiro e em condições de maus-tratos foi apreendido pelo Juizado Volante Ambiental (Juvam) em uma casa do Bairro Carlos Bezerra, em Rondonópolis, no sul do estado, nessa quarta-feira (14).

A dona do animal foi detida e encaminhada à delegacia para prestar esclarecimentos.

À polícia, ela disse que capturou o macaco quando morava em um sítio na zona rural do município. Segundo ela, ocorreu um incêndio no local e o animal, ainda filhote, se desgarrou da mãe e os cachorros o atacou. A mulher disse ainda que conseguiu salvá-lo dos cães e foi quando começou a criá-lo.

O cabo da Polícia Militar, Maurício Pedroso Oliveira, contou que encontrou o macaco dentro de uma gaiola na casa. Pelo fato da moradora não ter documentação, a criação de animal silvestre em casa se caracteriza como crime.

“Vale salientar que as pessoas não cometam o mesmo, pois estão infligindo a lei. Ela [dona] foi multada e responderá administrativamente”, ressaltou.

Por enquanto, o macaco está no Batalhão da Polícia Militar Ambiental. Segundo Maurício, o animal será colocado em uma jaula maior e encaminhado para Cuiabá.

Em situações como essa, a orientação é que a pessoa aciona a Polícia Ambiental para tomar as devidas providências.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.7%
5.1%
18.9%
74.4%