13/10/2020 às 19h18min - Atualizada em 13/10/2020 às 19h18min

Menina de 11 anos diagnosticada com linfoma precisa de ajuda com gastos de tratamento; colabore

G1 MT
ARAGUAIA NOTÍCIA
Maria Eduarda Teles, de 11 anos, foi diagnosticada com um linfoma na boca em julho e precisa de ajuda com gastos financeiros como alimentação e remédios. Natural de São José do Rio Claro (a 250 km de Cuiabá), Maria está fazendo quimioterapia no Hospital de Câncer de Cuiabá (HCC) e está hospedada na casa de Polianna Leôncio de Souza Freitas, de 22 anos, visto que sua mãe, Ana Paula Teles Taschuin, 33 anos, não pode acompanhá-la durante o tratamento por estar grávida e com trombose.

Mãe de três filhos, Ana Paula explica ao Olhar Direto que os sintomas surgiram em julho, quando a filha se engasgou enquanto almoçava. Ela então foi até uma unidade de saúde de São José, e de lá foi encaminhada para o Hospital Municipal de Cuiabá (HMC). Maria ainda passou por duas unidades até que foi encaminhada para o HCC, onde foi realizada uma biópsia que constatou o linfoma na boca.

Por estar grávida e com trombose, Ana Paula pode acompanhar apenas as consultas de sua filha. O tratamento de quimioterapia, que está sendo realizado nesta semana, está sendo acompanhado a distância a partir das atualizações da filha e de Polianna.

Maria Eduarda corre o risco de precisa seguir com a quimioterapia e, por este motivo, deve ser encaminhada a uma casa de apoio. Caso isso aconteça, a mãe precisará de alguém para acompanhar sua filha no tratamento: “na casa de apoio, eu posso ficar. O problema é a quimioterapia mesmo”, conta. A resposta só será dada entre quinta (15) e sexta-feira (16), quando Maria irá passar por uma consulta médica.

Alguns dos remédios foram custeados por terceiros, graças a ajuda de Polianna, mas a família precisa de ajuda financeira para eventuais gastos com outros medicamentos e alimentação. Para ajudá-la, basta ligar para sua mãe no número: (66) 99991-7460.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

2.1%
4.2%
20.4%
73.3%