09/10/2020 às 09h32min - Atualizada em 09/10/2020 às 09h32min

Vice-prefeita de Alto Garças (MT) morre por complicações de doença degenerativa aos 48 anos

Adelaide Aparecida Hermes Ribeiro, de 48 anos, morreu nesta quinta-feira (8) em um hospital em Rondonópolis (MT). Ela fazia tratamento há cerca de um ano para a Esclerose Lateral Amiotrófica, também conhecida como ELA, uma doença degenerativa do sistema nervoso.

G1 MT
ARAGUAIA NOTÍCIA
A vice-prefeita de Alto Garças, Adelaide Aparecida Hermes Ribeiro, de 48 anos, morreu nesta quinta-feira (8) em um hospital em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, por complicações da Esclerose Lateral Amiotrófica, também conhecida como ELA, uma doença degenerativa do sistema nervoso.

A engenheira civil, que fazia tratamento para a doença há cerca de um ano, passou mal nessa quarta-feira (7) e foi levada para a Santa Casa de Rondonópolis, onde faleceu na manhã desta quinta-feira (8).

Adelaide era servidora efetiva de Alto Garças há 26 anos e secretária de Obras, cargo que também ocupou em gestões anteriores.

A vice-prefeita era natural do Rio Grande do Sul, mas morava no município há mais de 30 anos. Ela deixa esposo e uma filha de nove anos. O velório será no Salão Paroquial de Alto Garças e o sepultamento no cemitério municipal.

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga, lamentou o falecimento.

“Fomos surpreendidos com essa triste notícia e reconhecemos que a vice-prefeita e engenheira Adelaide deixa uma enorme contribuição para Alto Garças, que hoje lamenta a sua morte tão precoce. Nossa solidariedade à família, ao prefeito Claudinei, aos servidores da prefeitura e a toda a população da cidade”, afirmou.

O prefeito de Alto Garças, Claudinei Singolano, que decretou luto oficial de três dias, também lamentou.

“A perda da nossa vice-prefeita é irreparável. Ela era uma pessoa muito querida, muito companheira e sempre prestou um ótimo serviço à comunidade. Fará muita falta a todos nós”, ressaltou.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
4.7%
20.2%
73.6%