06/12/2013 às 17h34min - Atualizada em 06/12/2013 às 17h34min

mais 4 cidades de MT concentram casos de pesca predatória

Eldorado Fm
Eldorado FM

Dados da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema/MT) apontam os municípios de Santo Antônio do Leverger, Barão de Melgaço, Lucas do Rio Verde, São Félix do Araguaia e Rondonópolis como as localidades em que mais ocorrem casos de pesca ilegal. Os rios Araguaia, Aripuanã, Teles Pires, Vermelho e Paraguai também concentram grande parte dos registros. Segundo o superintendente de Fiscalização da Sema, coronel Osmar Lino Farias, as principais espécies de peixes retiradas ilegalmente são tucunaré, piraíba, pirarara, matrinxã, pacu, pintado, cachara, dourado e tambaqui. Ele informa que estes são pescados tanto para consumo, como também na prática esportiva.

Na tentativa de combater a pesca ilegal no país, o governo federal lançou nesta quarta-feira (4) o “Plano Nacional de Combate à Pesca Ilegal”. A iniciativa, que reúne os Ministérios do Meio Ambiente, Pesca e Aquicultura, Justiça, Agricultura Pecuária e Abastecimento e Defesa, tem como objetivo de conscientizar pescadores quanto a importância da legalização e da preservação do meio ambiente e dos estoques pesqueiros. Para o ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella, o novo plano é um avanço para o país, já que as práticas predatórias da pesca ilegal não consideram a sustentabilidade ambiental. Dessa forma, reduzem a renda de quem ganha a vida de forma regular na atividade.

O consumidor também perde, pois desconhece a origem do pescado que consome. Farias destaca que as fiscalizações são feitas regularmente em Mato Grosso, porém a extensão dos rios dificulta um maior número autuações e apreensões.

O superintendente destaca que somente este ano, cerca de 8 toneladas de peixes foram apreendidas no Estado. Deste total, 3 toneladas foram recolhidas somente durante o 1º mês do período de Piracema em Mato Grosso. O fim do período proibitivo será somente em 28 de fevereiro de 2014.


Notícias Relacionadas »
Comentários »