23/09/2020 às 21h36min - Atualizada em 23/09/2020 às 21h36min

PF e PM se unem contra pesca proibida dentro de área indígena no Araguaia

Araguaia Notícia + PF - BG
Na noite de terça feira (22/9), em ação conjunta para repressão aos crimes ambientais a Polícia Federal em Barra do Garças e a Polícia Militar do Estado do Mato Grosso, conduziram 10 suspeitos de pesca ilegal em área indígena.

A ação predatória ocorreu na região da aldeia indígena Pimentel Barbosa, na região da Matinha, em Canarana - MT, porém os 10 suspeitos foram abordados em Nova Xavantina – MT, com mais de 1 tonelada de ‘Pirarucu/Pirosca’, 97 peixes do tipo ‘Jaraqui’, carne de jacaré, juntamente com 05 canoas, 03 caminhonetes, 01 caminhão baú, armas de fogo, vários motores de poupa, munições, geradores de energia e várias redes de pesca. Os pescadores ilegais são oriundos do Estado de São Paulo.                                                                                     

No caminhão baú foram encontrados barcos de pesca, caixas térmicas contendo vários quilos de peixes e produtos da pesca predatória, sendo o destaque para 13 exemplares de "pirarucu/pirosca" de aproximadamente 80kg cada um.                                                                                                                                                                               

Foram encontradas também algumas sacolas contendo carne de jacaré cortadas e embaladas para a viagem, várias redes de pesca e duas armas de fogo tipo espingarda sem registro, escondidas em um fundo falso no caminhão e na caminhonete.                                                                                                                                                       

Diante dos fatos os suspeitos foram conduzidos, juntamente com os materiais apreendidos e apetrechos para o crime, para a delegacia de polícia Judiciária de Nova Xavantina – MT, para a lavratura do auto de prisão em flagrante.


Notícias Relacionadas »
Comentários »