18/09/2020 às 07h51min - Atualizada em 18/09/2020 às 07h51min

Polícia Ambiental presta homenagem a soldado morto durante trabalho no Rio Araguaia

Araguaia Notícia
O 2º pelotão da Polícia Ambiental da cidade de Iporá-GO foi reformado e será entregue oficialmente a comunidade na sexta-feira (18/9) numa solenidade que prestará homenagem a policial morto durante trabalho de patrulhamento do rio Araguaia.

Na ocasião, o comando regional do policiamento ambiental da Polícia Militar e a Secretaria de Segurança Pública de Goiás vão colocar o nome do soldado Dione César de Oliveira no pelotão de Iporá que atende a região do Oeste Goiano.

Dione foi assassinado em julho de 1997 durante uma operação da Polícia Ambiental no rio Araguaia perto da ponte do Itacaiu.

A homenagem foi bem recebida pela família do Dione que mora na cidade de Aragarças-GO conforme explicou o irmão dele, o ex-prefeito de Aragarças, Marcos Antônio, conhecido como professor e advogado Marcão. “Já se passaram tantos anos, mas ainda sentimos muito a falta dele e ver esse reconhecimento da corporação que ele tanto defendeu de certa forma nos conforta diante da forma trágica que ele foi morto juntamente com o companheiro de serviço”, relembra Marcão.

Dione foi assassinado quando estava fazendo patrulhamento juntamente com o colega de serviço, sargento Jonebaldo Candido.

Eles estavam participando de um patrulhamento no rio Araguaia no trajeto de Aragarças até Aruanã e nas imediações da ponte do Itacaiu próximo Aruanã eles abordaram algumas pessoas que estavam pescando de forma predatória tartarugas usando redes e vários apetrechos proibidos.

Durante abordagem, dois elementos que não gostaram da ação policial atiraram contra os policiais.

Os assassinos cruéis e sanguinolentos ainda ocultaram os corpos afundando-os no rio provavelmente usando pedras e destruíram também a embarcação que os policiais estavam.

Após o sumiço dos policiais ambientais, a polícia começou a investigar e descobriu pedaços do barco e dos coletes salva-vidas e conseguiram elucidar o crime cruel, mas infelizmente os corpos dos dois heróis do Meio Ambiente não foram encontrados.

Seis meses depois do sumiço, a polícia conseguiu identificar e prender os dois envolvidos no crime. Eles ficaram mais de dez anos na cadeia. Um deles já faleceu e outro sumiu.

Dione deixou a família e cinco filhos que já estão todos adultos e bem criados.  “Meu irmão gostava tanto deste serviço de patrulhamento nos rios que se tornou um militante da causa ambiental que defendia com todo amor e até deu a sua vida em prol desse trabalho”, lembra Marcão. e defendia

Marcão foi prefeito de Aragarças por dois mandatos de 2005 a 2012 e hoje se dedica a advocacia e de dar aulas como professor.

A homenagem do Batalhão Ambiental com reinauguração do pelotão Dione César de Oliveira está prevista para começar às 10 horas da manhã de sexta-feira dia 18/9 na rua 2 Quadra 10 Lote 2-A no Setor Padre Cícero na cidade de Iporá-GO. A família estará presente prestigiando esse momento de recordação de um grande policial que decidiu a sua vida ao rio Araguaia.


 
Notícias Relacionadas »
Comentários »