24/08/2020 às 10h56min - Atualizada em 24/08/2020 às 10h56min

Morre instrutor de Tai Chi Chuan de Barra do Garças aos 85 anos

Romão era participante também do coral da melhor idade da prefeitura

Araguaia Notícia
Família e amigos


Foi sepultado no domingo (23/8) no cemitério do Nova Barra, um pioneiro de Barra do Garças-MT que ficou conhecido na cidade por se tornar instrutor de Tai Chi Chuan durante 17 anos e participar também do coral da Melhor idade. Romão Ferreira de Sousa, de 85 anos, faleceu após uma insuficiência cardíaca e pulmonar no sábado.

Natural de Ponte Branca-MT, ele foi no passado garimpeiro e comerciante e se mudou com a família em 1981 para Barra do Garças e aqui se tornou participante do Tai Chi Chuan na turma liderada pelo mestre Jorcelino.

O Tai Chi Chuan é uma arte marcial chinesa praticada com movimentos realizados lentamente e em silêncio, proporcionando a movimentação da energia do corpo e estimulando a consciência corporal, a concentração e a tranquilidade.
 
Esta prática estimula tanto a parte física quanto mental. Os seus principais benefícios são: Aumentar a vitalidade, com mais disposição e energia para o dia-a-dia; Fortalecer os músculos; Melhorar o equilíbrio; Aumentar a concentração; Diminuir a tensão muscular; Melhorar a flexibilidade das articulações; Aliviar o estresse e combater a depressão; Equilibrar as emoções; Estimular o convívio social; e Estimular o sistema nervoso e imunológico.
 
O Tai Chi pode ser praticado por qualquer pessoa, sendo recomendado utilizar calçados macios e roupas confortáveis, que não atrapalhem a realização dos movimentos. Também pode ser praticado em qualquer local, mas de preferência ao ar livre. 
 
A família explica que Romão aprendeu essa técnica com uma professora de Tai Chi Chuan e passou auxiliar um grupo que se reunia todo final de semana na feira coberta no bairro Alto Boa Vista. Ele também participou por vários anos das atividades da Melhor Idade inclusive do coral criado pela prefeitura.

A esposa de Romão, Teresa Sousa, explica que o esposo parou de participar das aulas de Tai Chi Chuan devido a um problema de saúde que lhe encurtou a visão. Romão iria completar no dia 17 de novembro, 86 anos. Ele deixa esposa e quatro filhos.

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.4%
5.3%
18.2%
75.2%