23/08/2020 às 18h15min - Atualizada em 23/08/2020 às 18h15min

Identificado suspeito que reagiu abordagem policial e morreu na região do Araguaia

Durante ação, cinco suspeitos foram presos com armas, drogas e um rádio comunicador

Assessoria PJC MT
ARAGUAIA NOTÍCIA
Esse fato aconteceu na cidade de Ribeirão Cascalheira-MT


Cinco homens foram presos e um adolescente apreendido pela Polícia Civil de Ribeirão Cascalheira (900 km a leste de Cuiabá), na quinta-feira (20.08) durante investigação sobre o comércio de drogas na região. Na ocasião, houve um confronto onde um suspeito de 20 anos foi baleado e faleceu ainda no local, Victor Hugo Silva dos Santos, de 20 anos. 

De acordo com a polícia, no momento da abordagem, o suspeito teria reagido e houve um disparo que o atingiu no ombro e ele não resistiu. Durante ação policial foram apreendidas 
duas armas de fogo, porções de drogas, dinheiro e rádio transmissor.

Os jovens, com idades de 18, 20 e 27 anos foram autuados em flagrante por posse irregular de arma de fogo de uso permitido, tráfico ilícito de droga, associação para tráfico, promover ou constituir organização criminosa, corrupção de menores e furto.

O adolescente responderá a ato infracional análogo aos crimes de tráfico de drogas e associação para tráfico, ilícito de drogas, furto e promover ou constituir organização criminosa.

Investigação

Durante investigação para identificar pontos de venda de drogas na cidade, os policiais civis localizaram uma casa no bairro Jardim Alvorada, onde havia grande fluxo de pessoas, suspeitas pelo comércio de entorpecentes e armas de fogo.

Em monitoramento do local iniciado há alguns dias, a equipe percebeu a presença de um integrante de uma facção criminosa, que estava oferecendo um revólver calibre 38, de cano longo para pessoas em Ribeirão Cascalheira. Além dele, residia na casa alugada outros três integrantes do mesmo grupo criminoso.

Na tarde de quinta, durante campana no local, os policiais avistaram o momento em que um dos suspeitos apareceu portando um revólver pequeno. Em seguida, o rapaz fugiu junto com outros dois homens, pulando o muro do imóvel. Um das equipes fez o cerco e prendeu um deles, que estava com um revólver calibre 32 com quatro munições intactas e uma deflagrada.

Na casa onde o grupo estava, foram aprendidos diversos aparelhos celulares, porções de maconha e de pasta base de cocaína, rádio transmissor, R$ 130 em dinheiro, um pé de planta de maconha, entre outros materiais.

Em revista no imóvel, um dos homens que estava na residência tentou escapar, também pulando o muro em direção à rua em que a primeira equipe estava. Ao ser abordado, ele apontou a pistola Taurus 638, de calibre 380, contra os policiais e acionou a tecla do gatilho, momento em que um dos policiais revidou a agressão efetuando um tiro no ombro esquerdo do suspeito para parar a ameaça. 

Enquanto os policiais realizavam as prisões, outro suspeito foi surpreendido quando passava pelo local, tirando fotos, fazendo filmagens das equipes e repassando as informações por meio de áudio, através de um aplicativo de mensagem para a organização criminosa. Logo que foi abordado, ele tentou quebrar o celular, porém, um policial conseguiu evitar que aparelho fosse danificado. 

Logo após o ocorrido, outros rapazes, um deles adolescente, chegou à casa que vinha sendo vigiada, visivelmente embriagados, procurando pelo morador. O grupo é faccionado e já conhecido pela polícia de Querência por atuar no tráfico de drogas na região.

Diante dos fatos todos os suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Ribeirão Cascalheira, interrogados pelo delegado Deuel Paixão, sendo os adultos autuados em flagrante delito e o menor em ato infracional.

Após a confecção dos autos, o grupo foi colocado à disposição do Poder Judiciário. As diligências investigativas continuam para identificar e prender outros envolvidos.

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.4%
5.2%
18.2%
75.2%