22/08/2020 às 22h05min - Atualizada em 22/08/2020 às 22h05min

PM lança operação ostensiva em Barra do Garças e reforça fiscalização contra aglomerações

Araguaia Notícia


Na manhã de quinta-feira (20/08), na praça Sebastião Alves Junior, em Barra do Garças (509 km de Cuiabá), o 5º Comando Regional da Polícia Militar deflagrou a operação “Ostensividade Total” que acontece simultaneamente em todo o Estado de Mato Grosso.

A ação se estenderá até o próximo dia 20 de Outubro e terá como foco, o policiamento ostensivo, visando saturar áreas críticas, regiões comerciais, além do combate ao tráfico de drogas e armas e na diminuição dos crimes de furto e roubo. 

No evento de lançamento da operação, que contou com a presença do comandante do 2º Batalhão, Tenente Coronel Josadack Valdivino Teixeira, o oficial destacou a importância da ação e enalteceu o trabalho da instituição em todo o estado, que vem reduzindo os  principais índices criminais.

Imediatamente após a cerimônia, os policiais militares saíram às ruas desencadeando as ações que se estenderão pelos próximos sessenta dias. Além de apertar o cerco a criminalidade, a PM dará apoio também a fiscalização contra aglomerações em Barra do Garças cujo trabalho está sendo realizado pela Vigilância Sanitária e Defesa Civil. 

No sábado (15/8) foi um dos dias mais tensos para fiscalização contra aglomerações pois foram verificadas várias festinhas que resultaram em notificações. Um dos casos mais graves aconteceu no Nova Barra onde um estudante de medicina desrespeitou a ordem de parar a festa e ainda desacatou os fiscais e policiais que o conduziram até a delegacia.

No bairro Dermat, foi feita uma notificação de uma casa onde acontecia também uma festinha com treze médicos residentes. Eles ficaram contrariados com os fiscais, mas pararam a festa. Eles receberam uma notificação. A participação da PM nesta fiscalização é primordial para que a população evite aglomerações. 

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.4%
5.2%
18.2%
75.2%