20/08/2020 às 21h56min - Atualizada em 20/08/2020 às 21h56min

População teme que pai que estuprou e engravidou filha seja solto no Araguaia

Araguaia Notícia
A filha disse que nunca denunciou o pai porque tinha medo


A população está se mobilizando e pedindo apoio da imprensa e das autoridades para manter atrás das grades um homem acusado de estuprar e engravidar a própria cujo crime aconteceu na cidade de São José do Xingu.

Já se passaram oito dias e já era para o acusado ter sido transferido para um presídio e ainda não aconteceu. Por isso a sociedade teme que algo possa acontecer e de repente este homem apesar da acusação seja posto nas ruas.

Segundo o relato policial, o pai começou abusar da filha quando ela tinha 10 anos de idade. A adolescente, de idade não revelada, contou que os abusos ocorriam desde os 10 anos de idade.

E numa viagem realizada no ano de 2019 ao município de Vila Rica, o pai dela a levou para um hotel, a estuprou e acabou engravidando-a. A vítima do estupro teve o filho, que hoje tem sete meses. Ela afirma que não denunciou o homem por medo.

Na casa do estuprador, a PM encontrou e apreendeu uma espingarda calibre 22 e 500 munições do mesmo calibre. Os envolvidos foram levados para delegacia para as providências cabíveis. Mas como já foi dito tem oito dias e até o momento o acusado não foi transferido para um presídio e a população teme que o acusado seja solto.

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.4%
5.2%
18.2%
75.2%