19/08/2020 às 20h39min - Atualizada em 19/08/2020 às 20h39min

Aragarças define posto de saúde para triagem de casos suspeitos de Covid

Aqueles que não conseguirem se inscrever pelo aplicativo Dados do Bem e estejam com sintomas devem procurar o posto de saúde

Araguaia Notícia


O aplicativo Dados do Bem já encaminhou 1.502 pessoas para a testagem de Covid-19 com o RT-PCR. Os dados são do balanço fechado na segunda-feira (17). Conforme a Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO), a ferramenta já teve mais de 55 mil downloads em Goiás. A meta é fazer 240 mil exames via app.

A Secretaria de Saúde de Aragarças informa aos moradores, aqueles que não forem selecionados pelo aplicativo e acharem que devem ser testados, porque estão sentindo sintomas, devem procurar em Aragarças a unidade de saúde 305 – Setor Aeroporto, de segunda a sexta-feira, das 17 às 22 horas para triagem.

Quem não for chamado para o teste pode refazer a autoavaliação depois de sete dias. É importante lembrar que nem todos serão testados, mas estarão contribuindo para o mapeamento da Covid-19.

Dos testes realizados via app, 42% apresentaram resultado positivo. A plataforma é utilizada no programa de ampliação do monitoramento e da testagem da Covid-19, em uma parceria do governo estadual com as prefeituras.

Dos 78 municípios que aderiram ao convênio, 61 iniciaram a disponibilização do exame RT-PCR via app.

Chapadão do Céu, Planaltina, Porangatu, Posse e São João D’Aliança começarem a testagem por meio do aplicativo nesta terça-feira (18). Para quarta-feira (19), está previsto o início dos testes agendados em Anápolis, Campos Belos e Itumbiara, totalizando 64 localidades nesta semana. A operação nos demais municípios será gradual, conforme planejamento e cronograma de ações.

Para participar do monitoramento via Dados do Bem, basta baixar o aplicativo – em dispositivos Android ou iOS – e fazer a autoavaliação, que consiste em responder perguntas simples sobre sintomas e quadro de saúde. A ferramenta faz uma triagem e indica, posteriormente, se a pessoa deve ou não passar pelo teste. Quem tiver indicação para fazer o exame RT-PCR recebe no celular um voucher, com um QR Code, que será escaneado na unidade de saúde indicada exclusivamente no app.

O aplicativo tem um algoritmo baseado em inteligência artificial que seleciona as pessoas que devem ser testadas. “Quem tem uma probabilidade de estar contaminado abaixo de 20% não será convidado a testar. Os acima de 20% entrarão em uma fila, que pode ser imediata, se o município tiver uma capacidade de testagem compatível com a quantidade de pessoas selecionadas”, pontua o secretário Geral da Governadoria, Adriano Rocha Lima. Caso a capacidade da prefeitura parceira seja menor, o usuário entra em uma fila e será testado assim que a vaga for disponibilizada.
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.4%
5.3%
18.0%
75.3%