21/11/2013 às 18h22min - Atualizada em 21/11/2013 às 18h22min

Idosos são torturados por quatro horas por jovens que consumiam drogas

Olhar Direto
Olhar Direto

Três homens e uma mulher são procurados pela polícia como responsáveis pelas torturas causadas a um casal de idosos na noite de terça-feira (19) em Aragarças-GO, divisa com Barra do Garças. As vítimas estavam em casa, um barraco num assentamento agrário ao lado do lixão da cidade, quando foram dominados e agredidos diversas vezes pelos acusados.

Américo Estevão da Silva, 70 anos, e Marieta Borges Mariano, 67 anos, foram obrigados a fazer comida e permaneceram quase todo o tempo amarrados enquanto que os suspeitos usavam entorpecentes. As vítimas levaram murros no rosto, na cabeça e sofreram cortes com chuço pelo corpo. Marieta teve a orelha cortada e o nariz fraturado.

Já o aposentado estava com suspeita de fratura no rosto da face. Os acusados jogaram gasolina no idosos ameaçando atear fogo porque queriam dinheiro. De acordo com a Polícia Militar (PM), os suspeitos das torturas são indivíduos que frequentam o lixão e estavam atrás de dinheiro da aposentadoria das vítimas.

Ao final, eles levaram uma televisão do casal. “Nós já temos informações sobre os suspeitos e vamos informar a polícia civil sobre o caso”, explicou o PM Raul. Os suspeitos são Bagaceira, Neguinho, Sueli e um jovem do Pará que estava frequentando o lixão. .

Os idosos foram atendidos no hospital Getúlio Vargas, na manhã de quarta-feira (20), submetidos a raio-x. “Eu quero que a polícia prenda esses indivíduos, meus pais não fazem mal a ninguém e não mereciam isso”, pediu a filha do casal, Ana Lúcia, que estava no hospital acompanhando os pais.  


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.5%
1.4%