11/08/2020 às 08h54min - Atualizada em 11/08/2020 às 08h54min

Mulher é presa suspeita de matar o marido a facadas em MT e diz à polícia que era agredida com frequência

Jose Carlos Da Silva, de 54 anos, foi esfaqueado próximo ao pescoço e morreu ainda na casa onde morava com a mulher, antes do socorro chegar.

G1 MT
ARAGUAIA NOTÍCIA
Uma mulher foi presa suspeita de matar o marido a facadas durante uma briga do casal no Bairro Residencial Azaleia, em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, nesse domingo (9). Em depoimento à polícia, Rosemeri Batuare afirmou que já havia sido vítima de agressões em outras ocasiões.

O G1 não conseguiu localizar a defesa de Rosemeri.

Jose Carlos Da Silva, de 54 anos, mais conhecido como ‘Margaret’, morreu ainda na casa da família.

A mulher disse à polícia que ela e o companheiro fizeram uso de bebida alcoólica em casa durante todo o dia e passaram a se desentender.

Em um determinado momento, conforme o boletim de ocorrência, Rosemeri foi até a casa de uma vizinha e, tempo depois, retornou para casa. No entanto, José teria ficado irritado com a atitude da mulher e passou a agredi-la.

De acordo com a polícia, a mulher pegou uma faca e desferiu um golpe próximo ao pescoço de Jose.

Rosemeri contou aos policiais que se assustou e por isso esfaqueou o marido. Ela disse ainda que tentou estancar o sangramento, mas não conseguiu.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e confirmou a morte de Jose.

O corpo dele foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Rondonópolis (IML).

Já a mulher foi presa em flagrante e encaminhada à delegacia para prestar esclarecimentos.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.4%
5.3%
18.2%
75.2%