21/11/2013 às 17h24min - Atualizada em 21/11/2013 às 17h24min

Empregada doméstica é presa por furto de 91 sapatos da patroa

Agencia da Noticia com G1 Mato Grosso
Agência da Notícia

Uma empregada doméstica de 43 anos foi presa nesta quarta-feira (20), em Colíder, a 648 km de Cuiabá, por suspeita de furtar objetos da patroa, entre eles 91 pares de sapatos e 42 peças de roupas. À polícia, Marta de Oliveira Preto disse que realmente pegou os pertences da vítima e que todos os dias dos três meses que trabalhou na residência levava algo, porém, alegou que faz tratamento e toma remédios controlados para transtornos mentais.

O delegado da Polícia Civil do município, Silvio do Vale Ferreira Júnior, afirmou que a patroa começou a desconfiar dos furtos depois do sumiço de um anel de ouro, jóia de família. "Ela sentiu falta de um anel valioso e desconfiou da empregada. Ela procurou a Polícia Militar e pediu que os policiais fossem com ela até a casa da suspeita. No local, a polícia encontrou os objetos, que foram reconhecidos pela vítima", contou.

Após o flagrante, a funcionária disse que levada os pertences, mas que não se recordava direito de como teria pego os objetos, já que tomava remédios controlados."Foram levados da casa 91 pares de sapatos, 42 peças de roupas, perfumes, bolas, vasilhas de plástico, cremes de cabelo, entre outros objetos", disse o delegado. Os objetos foram apreendidos e devem ser devolvidos à vítima.

A empregada contou que o marido não sabia dos bens levados por ela para casa, pois ela guardava em um armário. A mulher ainda está na delegacia de Polícia Civil do município e deve ser liberada, segundo o delegado. Ela não possuía nenhuma outra passagem na polícia. "Como o crime ocorreu há algum tempo, ela vai responder em liberdade", disse.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.1%
24.5%
1.4%