04/08/2020 às 13h41min - Atualizada em 04/08/2020 às 13h41min

Mulher fica com rosto desfigurado ao ser torturada por 2 dias em cárcere privado

A vítima não consegue nem abrir os olhos, devido ao inchaço

Agora MT
ARAGUAIA NOTÍCIA
Uma mulher de 39 anos foi torturada e mantida em cárcere privado durante dois em Tangará da Serra – MT, ao conseguir fugir nesta segunda-feira (3), procurou a Polícia. A vítima foi espancada pelo seu companheiro ao ponto de ter seu rosto desfigurado.

De acordo com o tenente Marcos da Polícia Militar, o estado que a vítima ficou é chocante e causou revolta pela covardia. "Procuramos o acusado em vários endereços, mas a vítima não consegue nem abrir os olhos, devido ao inchaço, para poder reconhecer a casa onde foi mantida em cárcere. Acreditamos que o acusado deve ter fugido para fora da cidade. Vamos continuar a sua procura".

Conforme o tenente, o acusado já tem histórico de agressão, pois já bateu na própria mãe. Nesta ocasião, populares ficaram revoltados e bateram no acusado.

Além do espancamento, a vítima contou a Polícia que o acusado jogou café quente em seu rosto, batia sua cabeça na parede e a afogava no tanque. Segundo a vítima, cenas como esta foram presenciadas pela mãe e o padrasto do acusado, mas que eles não fizeram nada para impedir, agiram ao contrário, fizeram foi dificultar para a vítima a deixando trancada na casa.

De posse dessas informações, a Polícia Militar conseguiu localizar e prender a mãe e o padrasto. Eles estão sendo acusados de omissão de socorro, cárcere privado (porque impediram a saída) e de tortura, já que presenciaram e não ajudaram.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.3%
5.3%
18.3%
75.1%