29/07/2020 às 17h46min - Atualizada em 29/07/2020 às 17h46min

Vídeo mostra Uno e Corolla cravejados de tiros após confronto

Ação ocorreu na manhã de hoje (29), no Bairro Itamaraty, em Cuiabá; nenhum policial do Bope se feriu

Midia News
ARAGUAIA NOTÍCIA
Os dois veículos ocupados pelos seis homens que morreram em um confronto com o Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) na manhã desta quarta-feira (29), em Cuiabá, ficaram crivados de bala.

A troca de tiros aconteceu no Jardim Itamaraty, por volta das 5 horas. Nenhum policial ficou ferido na ação.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, é possível ver como o Fiat Uno e Corolla ficaram após o confronto. Nas imagens eles aparecem em cima de um guincho na Avenida da Prainha, na Capital. Há marcas de tiro nas portas, vidros e no capô dos dois veículos.

De acordo com a PM, o Corolla tinha vidros blindados.

Um dos que morreram era soldado da Polícia Militar. Ele foi identificado como Oacy da Silva Taques Neto, de 30 anos, e atuava no 3º Batalhão. Ele estava afastado das funções devido uma licença médica.

O outro morto era filho de um sargento da PM. Conforme apurou a reportagem, o rapaz foi identificado como Leonardo Vinícius Pereira de Moraes, de 24 anos. Ele usava tornozeleira eletrônica e tinha passagens por tráfico de drogas.

O grupo não atendeu a uma abordagem do Bope e atirou contra a viatura dos PMs, que revidaram, dando início a uma troca de tiros.

Um dos bandidos, mesmo baleado, tentou fugir entrando na mata, mas foi encontrado poucos metros do local do tiroteio, já sem vida.


Notícias Relacionadas »
Comentários »