22/07/2020 às 12h13min - Atualizada em 22/07/2020 às 12h13min

Promotoras reforçam campanha Sinal Vermelho Contra a Violência Doméstica em MT

Clenia Goreth / MPE - MT
ARAGUAIA NOTÍCIA


A campanha “Sinal Vermelho Contra a Violência Doméstica”  ganha cada vez mais adeptos no Ministério Público do Estado de Mato Grosso. Desta vez, a adesão partiu do Núcleo de Promotorias de Justiça que atua contra a violência doméstica na Capital. A campanha também está sendo desenvolvida em Paranatinga, Nova Mutum, Cáceres, entre outros municípios.

O objetivo da campanha é incentivar denúncias por meio de um símbolo: ao desenhar um “X” na mão e exibi-lo ao farmacêutico ou ao atendente da farmácia, a vítima poderá receber auxílio e acionar as autoridades. A ação conta com a participação de quase 10 mil farmácias em todo o país, e é uma resposta conjunta ao recente aumento nos registros de violência doméstica em meio à pandemia.



COMO PARTICIPAR:

a) Se uma mulher chegar à farmácia com um X vermelho na palma da mão, tal conduta deve ser entendida como uma denúncia silenciosa de violência doméstica.

a.1) A pessoa que atendê-la na farmácia deverá assim agir:

a.1.1) Não fazer muitas perguntas e agir com rapidez e acolhimento.

a.1.2) De forma reservada, usando os meios à sua disposição, o atendente deverá registrar o nome, o telefone e o endereço da vítima, bem como acionar o 190. Se a vítima disser que não quer a polícia naquele momento, ele assim deverá entender. Após a saída da vítima, deverá o farmacêutico transmitir as informações pelo telefone 190.

a.1.3) O farmacêutico ou atendente não precisará acompanhar a polícia. Não são testemunhas da violência.
Notícias Relacionadas »
Comentários »