20/07/2020 às 22h04min - Atualizada em 20/07/2020 às 22h04min

DNIT espera terminar neste ano a obra do anel viário de Barra do Garças

A integração de uma nova rota das Brs 158 e 070 entre Barra, Pontal do Araguaia e Aragarças-GO

Assessoria / DNIT - MT
ARAGUAIA NOTÍCIA
MELHORIAS: Dnit executa obras na BR-070, em Barra do Garças, no Mato Grosso, que irá beneficiar toda a região do bairro Jardim Nova Barra. Foto: Divulgação


Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) segue com as obras de drenagem urbana que abrangem a construção do Contorno Rodoviário de Barra do Garças (anel viário), na BR-070, a 511 quilômetros de Cuiabá, no Mato Grosso. O empreendimento beneficiará a população da região ao retirar do centro da cidade o tráfego de veículos pesados.

A Autarquia concluiu 40% dos serviços de drenagem e atualmente trabalha em diversas frentes, como escavações e implantação de bueiros e galerias para escoamento das águas pluviais na região do bairro Jardim Nova Barra.

O projeto do Contorno de Barra do Garças passou por revisão e melhoria na execução de drenagem. Isso porque as obras de precisaram ser substituídas por drenagem urbana, de maior vulto. A medida buscou adequar o plano à necessidade atual do empreendimento, uma vez que houve o crescimento do município e a construção de loteamentos no entorno da obra.

As obras de pavimentação devem começar após a conclusão dos serviços de drenagem, previstos para serem finalizados até o fim do ano.

A drenagem, a terraplanagem e a pavimentação deste traçado em Barra do Garças tem programa para finalização em 2021. O Dnit investe R$ 17 milhões nessa etapa. Serão 4,5 quilômetros de rede para o escoamento das águas pluviais e os recursos estão garantidos no orçamento da União para o ano de 2020.



Obra

O Contorno de Barra do Garças é uma obra que vai interligar as rodovias federais BR-070, BR-158 e a rodovia estadual MT-100, na divisa de Mato Grosso com o estado de Goiás. O serviço visa reduzir o tráfego de veículos pesados que circulam pelo centro da cidade, beneficiando os moradores e os usuários da rodovia na região.

Segundo o Dnit, as equipes executam os serviços de drenagem na Presidente Vargas, entre o cruzamento da Av. Duque de Caxias e o desague no rio Córrego Fundo. Além disso, intervenções estão sendo feitas na Av. Duque de Caxias, entre o cruzamento da Av. Amazonas até a Ponte do rio Garças, contemplando, também, a Av. Ezequiel de Carvalho e a Av. Perimetral.

O projeto inclui duas pontes: uma sobre o rio Araguaia e outra sobre o rio Garças, que já estão concluídas. No total, o trecho soma cerca de 16 quilômetros, sendo 10 quilômetros em território mato-grossense e 6 quilômetros em Goiás.

Um dos pontos positivos do empreendimento é que o tráfego mais intenso de veículos pesados será retirado do perímetro urbano não apenas de Barra do Garças, mas também de Pontal do Araguaia e Aragarças (em Goiás).

Importância

A BR-070/MT se destaca por conta do potencial de crescimento econômico do Leste mato-grossense, cujos municípios mais antigos foram impulsionados pela pecuária.

Nos últimos cinco anos, a entrada da cultura da soja em propriedades rurais já existentes, em integração com a pecuária, sinaliza um novo salto de crescimento econômico no estado. Projeções do Instituto Mato-grossense de Economia Agrícola (Imea) apontam que a soja tende a se tornar a principal atividade agrícola em 3 milhões de hectares que vinham sendo utilizados, prioritariamente, como área para pastagens.
Notícias Relacionadas »
Comentários »