18/07/2020 às 00h11min - Atualizada em 18/07/2020 às 00h11min

Barra do Garças se aproxima dos 500 casos e 300 recuperados do Covid

A cidade está com 40 óbitos e 24 internados. A sexta-feira foi impulsionada com a manifestação de comerciantes contrários ao 'meio' lockdown com a quarentena obrigatória dos serviços não essenciais

Araguaia Notícia


A prefeitura de Barra do Garças divulgou na noite de sexta-feira (17/7) o boletim do novo coronavirus, covid-19, na maior cidade do Vale do Araguaia. Barra se aproxima dos 500 casos, no boletim de sexta está com 499 infectados, mas dos quais 300 já estão curados.

Em monitoramento são 135; internados são 24. No boletim constam 40 óbitos, mas ainda na noite de sexta-feira, o ex-prefeito Jonir de Oliveira entrou na estatística como a 41ª morte na cidade provocada em decorrência do vírus.

Os hospitais de Barra são 59 internados dos quais, 24 são de Barra do Garças sendo que 39 estão na enfermaria e 20 na UTI. A taxa de ocupação hospitalar continua alta porque sete dos oito leitos estão ocupados.

A enfermaria da UPA está com 61,3% de ocupação dos 31 leitos. E nesta sexta-feira, a prefeitura baixou um novo decreto determinando a quarentena obrigatória para o comércio não essencial que foi determinado pela Justiça.



A partir de sábado, dia 18/7, lojas, restaurantes, lanchonetes, galerias, salões, barbearias e shoppings devem fechar as portas por 15 dias. Devem permanecer abertas igrejas, oficinas, borracharias, postos de combustíveis, padarias, açougues e supermercados considerados essenciais.

Notícias Relacionadas »
Comentários »