15/07/2020 às 20h59min - Atualizada em 15/07/2020 às 20h59min

Juiz ouve Barra do Garças e MPE sobre possível quarentena obrigatória

A assessoria da prefeitura informou que haverá uma coletiva nesta quinta explicando a posição do município

Araguaia Notícia
Terminou por volta das 20h30 de quarta-feira (15/7)  a audiência de conciliação solicitada pelo juiz da Vara Especializada da Saúde de Mato Grosso, José Luiz Leite Lindote, com os representantes do Estado e dos municípios de Barra do Garças e Pontal do Araguaia em ações civis públicas que tratam de possível quarentena obrigatória, em virtude da classificação destas cidades, como de risco alto e muito alto para o contágio da Covid-19.
 
Durante a audiência, o magistrado ouviu as argumentações de Barra do Garças e também Ministério Público se deve ou não aplicar a quarentena obrigatória. Ao final o juiz Lindote não deu a sentença e vai analisar a situação de Barra do Garças.
 
As audiências foram realizadas por videoconferência, a partir de links fornecidos aos respectivos prefeitos, representante do Poder Executivo estadual e do Ministério Público. Um pouco mais cedo teve as audiências de Poconé e Mirassol D’Oeste.


 
A assessoria do prefeito Roberto Farias já informou que haverá uma coletiva amanhã às 9 horas para o município explicar como está tramitando este assunto na Vara de Saúde.
 
As medidas de restrição para municípios, por classificação de risco de contágio, estão previstas no Decreto Estadual nº 522/2020, atualizado pelo Decreto Estadual nº 532/2020.
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »