14/07/2020 às 13h54min - Atualizada em 14/07/2020 às 13h54min

Blogueira é indiciada por homicídio em acidente de Daniel

Lidiane Campos teria avançado uma preferencial e batido na moto, onde estavam o pai, a madrasta e Daniel, que não resistiu

Agora MT
ARAGUAIA NOTÍCIA
A delegada Ludmila Vendramel concluiu as investigações sobre o acidente do menino Daniel Augusto da Silva, 03 anos, ocorrido em 11 de agosto de 2019 e encaminhou o inquérito ao Ministério Público de Mato Grosso.

Quase um ano depois, A esposa do ex-deputado federal Adilton Sachetti (PRB), Lidiane Campos, foi indiciada por homicídio culposo na direção de veículo, com o agravante de omissão de socorro.

Durante as investigações, não foi possível comprovar a embriaguez de Lidiane, que teria avançado uma preferencial e batido na moto, onde estavam o pai, a madrasta e Daniel, que não resistiu.

A suspeita então teria fugido pela contramão e abandonado a caminhonete que dirigia há alguns metros do local da colisão, sem prestar socorro às vítimas.

Ainda de acordo com as informações, o processo está sob análise do promotor Fabio Paulo da Costa Latorraca, da 3ª Promotoria de Justiça Criminal de Rondonópolis.

O advogado de Lidiane, Wilson Lopes, informou ao que ainda não teve acesso às informações atualizadas sobre a conclusão do inquérito.
Notícias Relacionadas »
Comentários »