13/07/2020 às 17h51min - Atualizada em 13/07/2020 às 17h51min

População de Querência está assustada com avanço do Covid e pede providência ao prefeito

Depois de passar de uma forma devastadora por Confresa, o vírus chega em Querência tirando o sono da comunidade

Antônio Borges Netão / Notícia dos Municípios
ARAGUAIA NOTÍCIA
Foto antiga do prefeito Fernando Gurgem antes da pandemia


A situação está ficando insustentável com relação ao Covid que avança na cidade de Querência, no Médio Araguaia. Até sábado (11.07), o número de contaminados era de 364 casos, sendo 10 mortos, 152 internações, 369 pessoas em isolamento domiciliar e 635 finalizando isolamento.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, a única saída emergencial para salvar o município de Querência nesse momento para evitar mais mortes e contaminação com o Covid-19, sem dúvidas, é o chamado Lockdown, a decisão irá no mínimo desacelerar o avanço da pandemia em todo o município.

O rico município de Querência e uma das principais cidades do Vale do Araguaia é administrada pela terceira vez pelo prefeito Fernando Gorgen, que inclusive é candidato à reeleição e um dos maiores plantadores de grãos em Mato Grosso cuja extensão das suas lavouras se estende ao Estado de Tocantins. 

A promissora cidade do agronegócio com mais de 17 mil habitantes assusta o Brasil com o aumento elevado de pessoas contaminadas.

Extra oficialmente há informação de que pelo menos mais um indígena veio a óbito no domingo, trata-se da líder Nhapukalo Ialapiti, da região do Alto Xingu, ele estava internada desde sexta-feira no Hospital municipal onde veio a óbito vítima do coronavirus.

Já o vereador Marcos Amorim, foi enfático ao admitir que a situação esta lamentável e também direcionou duras críticas a comerciantes e pessoas, “eles colocam a vida de outras pessoas em risco, a saúde do município já esta comprometida e sobrecarregada e não temos mais pessoas suficiente para atender os pacientes,  estamos inclusive trabalhando com professores e voluntários da Secretaria Municipal de educação para atuar no enfrentamento da pandemia mas não esta sendo fácil” Disse o vereador.

Caso o decreto seja publicado poderá ainda diminuir os casos de Covid-19 e morte de pessoas no município ao bloquear total ou em confinamento através de protocolo de isolamento que impede pessoas de circular pela cidade, inclusive com o fechamento total do comércio limpando áreas e bloqueando circulação de cargas.

Confresa, outro promissor município do agronegócio no Vale do Araguaia foi o primeiro do estado a decretar lockdown (fechamento total) após o vírus se alastrar, mesmo contrariando alguns a gestão municipal conseguiu reverter à situação ao desacelerar e diminuir drasticamente o numero de casos em todo o município.

Confresa alcançou a taxa de recuperação de 93%, uma das mais altas do Estado na quarta-feira (8) e sem novos casos nas últimas 24 horas daquele dia seguinte, conforme dados da Secretaria Municipal de Saúde.


Aglomeração em Querência... população tem que colaborar mais 

Notícias Relacionadas »
Comentários »