13/07/2020 às 17h39min - Atualizada em 13/07/2020 às 17h39min

Empresário foi detido e pagou fiança por duas armas sem registro

Marcelo Cestari tinha sete armas em sua residência; ele foi autuado e liberado após pagar fiança

Midia News
ARAGUAIA NOTÍCIA
A Polícia Civil de Mato Grosso afirmou, por meio de nota, que o empresário Marcelo Cestari, pai da adolescente que fez um disparo acidental com uma pistola e matou uma amiga, também de 14 anos, chegou a ser preso por porte ilegal de arma. 

Duas das sete armas encontradas na residência onde ocorreu a tragédia, na noite deste domingo (12), no condomínio Alphaville 1, estavam sem registro, informou a assessoria da polícia.

Por causa disso, ele foi detido por posse ilegal de arma de fogo e conduzido à DHPP (Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa). Depois de autuado e pagar fiança, ele foi liberado. 

 
Oitivas

 
O delegado Olímpio da Cunha Fernandes Jr, responsável pela investigação da morte da adolescente, já marcou as oitivas sobre o caso.

A adolescente morta foi atingida por um disparo que, segundo a polícia, atingiu a narina e saiu pela cabeça. 

A arma do crime, cápsula e projétil foram apreendidos e passarão por perícia. 

O delegado Fernandes Jr vai realizar as oitivas e aguardar todos os laudos periciais para esclarecer a dinâmica do crime.

Ele irá se pronunciar somente após ter todas as informações necessárias para elucidação do crime. 

Notícias Relacionadas »
Comentários »