10/07/2020 às 15h36min - Atualizada em 10/07/2020 às 15h36min

Idosa é indiciada em Barra do Garças após emprestar conta para receber 20 mil de golpe

A senhora alega que não sabia que o dinheiro era de origem ilícita e que fez um favor para um vizinha. A polícia apurou que a vítima do golpe é do Distrito Federal

Araguaia Notícia


Por volta das 10 horas da manhã de sexta-feira (10/07), a Delegacia de Roubos e Furtos de Barra do Garças-MT recebeu informações de que estaria a senhora R. A. C., de 60 anos, nas dependências da Caixa Econômica Federal, tentando desbloquear o cartão de recebimento de benefícios.

O bloqueio se deu a pedido da Polícia Civil de Rondonópolis, logo após a referida conta ser utilizada para recebimento de dinheiro ilícito (produto de origem de crime de estelionato). A vítima seria uma pessoa do Distrito Federal. 

O dinheiro realmente caiu na conta da idosa e foi logo transferido para conta de terceiros através de TED. Tão logo recebeu as informações, uma equipe de investigadores, sob a coordenação do delegado Nelder Martins Pereira, diligenciou até aquela agência e, após identificar a suspeita, a encaminharam até a DERF-BG, para esclarecimentos sobre os fatos. 

Naquela unidade policial a suspeita declarou que emprestou o cartão bancário a uma vizinha, que mora ao lado de sua casa na cidade de Rondonópolis-MT de nome Lorrayne, que dizia precisar receber dinheiro originado pela venda de um imóvel e que não possuía conta no referido banco.



Assim, foram depositados R$ 20.000,00 ( vinte mil reais) na tal conta. Tão logo ficou disponível, o dinheiro foi de imediato transferido, em valores fracionados, via TED, para outras contas bancárias.

Diante disso, tendo localizado e identificado a suspeita, foram encerradas as diligências com o encaminhamento da qualificação e termo de Interrogatório à Delegacia de Polícia de Rondonópolis, para as demais providências investigativas.

A suspeita foi ouvida e liberada e deve responder pelo crime de Receptação (Art. 180, parágrafo 3° do CP). Agora a polícia procura mais elementos para indiciar a vizinha que teria pedido o cartão da idosa. A polícia orienta as pessoas para terem cuidado com golpes que infelizmente aumentou neste período de pandemia
Notícias Relacionadas »
Comentários »