08/07/2020 às 11h37min - Atualizada em 08/07/2020 às 11h37min

Cerca de mil presos são isolados em penitenciária em Cuiabá e 600 deles têm sintomas de Covid-19

O diretor da PCE, Agno Ramos, explica que os detentos que testaram positivo estão em isolamento e receberam os cuidados dentro da própria penitenciária.

G1 MT
ARAGUAIA NOTÍCIA
Na Penitenciária Central do Estado, em Cuiabá, cerca de mil presos estão em isolamento. Desses, 600 apresentaram sintomas da Covid-19.

A Defensoria Pública entrou com uma ação para que a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp) adote uma estratégia de combate ao Covid-19 dentro da penitenciária.

O juiz Geraldo Fidelis, da Vara de Execução Penal de Cuiabá, determinou que a Sesp também faça teste em massa nos presos e coloque uma equipe de plantão 24 horas no local.

O diretor da PCE, Agno Ramos, explica que os detentos que testaram positivo estão em isolamento e receberam os cuidados dentro da própria penitenciária.

“Nós isolamos tudo para que a contaminação não se alastrasse na penitenciária. Esse isolamento é preventivo porque nós sabemos das dificuldades que a saúde pública enfrenta hoje com os hospitais cheios. Os que tiveram positivado, nós mantemos em isolamento e fizemos o tratamento adequado com acompanhamento médico e alguns deles já até saíram da quarentena”, afirma.

O juiz defende que as medidas são necessárias tanto para proteção dos presos, quanto dos profissionais e da população.

“Tem 250 pessoas que são policiais penais, também tem as equipes de saúde, tem a área administrativa. Não podemos deixar acontecer uma crise de saúde porque querendo ou não vai impactar a área de saúde aqui fora também”, afirma.

Por meio de nota, a Sesp informou que já está cumprindo dentro do prazo a decisão judicial com equipes médicas e com plantões aos fins de semana na PCE e que também foi encaminhado mais medicamentos e EPIs aos servidores do sistema penitenciário.
Notícias Relacionadas »
Comentários »