06/07/2020 às 21h07min - Atualizada em 06/07/2020 às 21h07min

Cacique xavante da aldeia Sangradouro morre vitima de Covid-19

Notícias dos Municípios
ARAGUAIA NOTÍCIA


O cacique Domingos Mahoro Eõ, um dos principais lideres dos povos xavante da aldeia Sangradouro, morreu na tarde de segunda-feira (06.07) vitima do coronavirus na capital mato-grossense.

O líder indígena estava internado em estado grave no Hospital de Primavera do Leste após testar positivo para o covid-19, mas havia sido transferido na segunda-feira (06.07) para o leito de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Cuiabá.



Domingos tinha 60 anos, ele não resistiu o avanço da doença e veio a óbito, a informação foi confirmada pela superintendência de assuntos indígenas do Governo de Mato Grosso. O corpo do líder indígena será levado ainda esta noite para a aldeia Sangradouro onde será sepultado em seguida sem a tradicional cerimonia fúnebre xavante.

A aldeia Sangradouro esta localizada no limite dos município de General Carneiro com Primavera do Leste, a 54 km de Primavera e 160 km de General, mas pertence ao município de General. Informações recentes davam conta de que pelo menos 100 Xavantes foram diagnosticados com a doença.

Domingos Maharo foi uma figura importante no meio indígena mato-grossense e foi coordenador da saúde Indígena e atualmente estava à frente da Cooperativa Indígena do território sangradouro.
Notícias Relacionadas »
Comentários »