03/07/2020 às 19h38min - Atualizada em 03/07/2020 às 19h38min

Prefeitura fixa cartazes alertando população que não tem mais UTIs

Midia News
ARAGUAIA NOTÍCIA
Com uma situação de colapso na saúde do Município, o prefeito de Cáceres Francis Maris (MDB) adotou uma medida inusitada na tentativa de convencer a população sobre a necessidade de manter o isolamento social e evitar a propagação acelerada da Covid-19.

Ele espalhou diversas faixas em pontos estratégicos da cidade com dizeres que vão desde de: “Não temos UTIs, pelo amor de Deus fiquem em casa” a “É insuportável a dor de perder alguém que se ama pela ignorância. Fique em casa”.

Uma das principais dificuldades é a lotação nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI). O boletim da Secretaria de Estado de Saúde da última quinta-feira (2), por exemplo, mostra que os 5 leitos do Hospital São Luiz estão ocupados.

Essa situação já vem se arrastando há algum tempo. A superlotação levou, inclusive, o juiz federal Rodrigo Bahia Accioly Lins a determinar que 20 cidades da região Oeste adotem o lockdown – medida mais restritiva de isolamento social – como forma de conter o avanço do vírus.



O lockdown já está em vigor em Cáceres e a preocupação do magistrado é que as cidades vizinhas mantenham suas atividades normalmente, contribuindo para aumentar a fila de espera por leitos de UTIs na cidade.

Críticas nas redes

A medida adotada pelo Município gerou críticas nas redes sociais. Muitos disseram, por exemplo, que o prefeito deveria investir recursos na compra de medicamentos e insumos para a saúde ao invés de produzir os materiais orientativos.

“Por que o dinheiro que gastaram com banner não compraram remédios, alimentos para as pessoas mais necessitadas? Se as pessoas estão vivendo a realidade da pandemia e não estão levando a sério, vão ligar pra banner exposto? Cada coisa!”, disse um dos comentários.

“Pena que a população é quem paga, cadê o dinheiro pra UTI?”, “Isso é uma vergonha, o prefeito da cidade ao invés de publicar o que tem feito pela cidade sai divulgando plaquinhas para falar que não tem UTI. Que tá o caos já sabemos, queremos saber agora o que está sendo feito para combater a Covid em Cáceres”, emendaram outros moradores da cidade.

Alguns também aproveitaram a publicação para cobrar do prefeito a aquisição de respiradores, ampliação dos leitos de UTIs e transparência em relação aos recursos recebidos por Cáceres do Governo Federal.

Números da pandemia

Até a última quinta-feira (2), Cáceres registrou 314 casos do novo coronavírus, sendo o 13º município do estado com maior número de notificações.

Na cidade, 17 pessoas já morreram em decorrência da doença.

As faixas foram fixadas nos seguintes pontos da cidade:

-PRAÇA BARÃO
-SEMATUR - ENTRADA E DENTRO.
-PRAÇA MAJOR JOÃO CARLOS -
-AV. TANCREDO NEVES, - PERTO DA UNEMAT, E CAMELÔS
-AV. TANCREDO NEVES, - PERTO JARDIM PADRE PAULO
-PRAÇA DUQUE DE CAXIAS
-RUA PADRE CASSEMIRO
-PRAÇA DA FEIRA
-PAM
-AV: 7 SETEMBRO
-RUA JOAQUIM MURTINHO. (PERTO DA MERCÊS E AÇOUGUE PANTANAL)
-AV: TALHAMARES
-RUA DA TAPAGEM
-RUA GENERAL OSORIO
-AV. DORMEVIL FARIAS
-FRENTE A CAMARA
-FRENTE BANCO BRASIL E BRADESCO
Notícias Relacionadas »
Comentários »