29/10/2013 às 17h36min - Atualizada em 29/10/2013 às 17h36min

Briga de casal termina com cárcere privado e tentativa de homicídio

Agencia da Noticia com com Gil Gomes
Agência da Notícia

Mesmo com tanta propaganda contra a agressão à mulher, os crimes envolvendo a Lei Maria da Penha continua tomando conta das paginas policiais, na região do Araguaia, mais precisamente Confresa pelo menos duas vezes por semana um crime desse tipo é denunciado nas Polícias Civil e Militar e divulgado pelos veículos de comunicação.

Nesta segunda-feira (28), mais um registro de ocorrência desta natureza foi registrado pela Polícia Civil de Confresa, a vítima seria O. S. da S. de 22 anos, contou aos policiais que na noite de domingo ela foi agredida pelo marido, J. A. da S.de 27 anos. De acordo com relatos da mulher, ela apanhou do marido que batia a cabeça dela contra a parede, além de dar socos e chutes. Ela ainda contou aos policiais que o marido teria à ameaçado com uma faca. “Ele colocou uma faca no meu pescoço, ficou me chamando de Neguinha e disse que ia me matar, eu fiquei com muito medo”, contou a Mulher à Polícia.

Além disso, a mulher também disse à Polícia que o marido a manteve em cárcere privado na residência do casal, que fica no Setor Pietrobom na Zona Rural de Confresa. Ela disse que ficou presa por cinco horas sem poder sair para lugar alguma.

A polícia Civil registrou o boletim de ocorrência e as investigações continuam. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.0%
23.7%
1.3%